Resumo da Assembléia Geral Ordinária da Associação naturista de Abricó
Data: 7 de dezembro de 2013
Local: Praia do Abricó

Hora: 12 h

O Presidente da Associação, Pedro Ribeiro, abriu os trabalhos. Foi feito convite aos presentes para alguém assumir o papel de secretário e escrever a Ata: Paulo Pereira aceitou. Havia 11 pessoas presentes no início da reunião. Paulo Pereira leu a Ata da assembléia anterior, do dia 09 de novembro de 2013, que foi aprovada por todos. Pedro Ribeiro observou que gostaria de ver a Associação (ANA) em contato com todas as associações da área do Recreio dos Bandeirantes, mesmo que estas não estejam em contato freqüente com a ANA. Este contato traria um maior conhecimento por parte destas associações a respeito da Praia do Abricó, da Associação(ANA), do Naturismo e da atuação da Associação na praia.

Tópicos da reunião:

Decisão sobre a continuidade da existência da associação no atual formato: todos defendem a permanência da Associação. Pedro diz que gostaria de registrar a Associação, para que a Associação tenha CNPJ e seja regulamentada juridicamente. Para que isso aconteça, a Associação tem que ter um quadro composto de Presidente, Vice Presidente, Secretário e Tesoureiro atuantes. Pedro pede voluntários para o cargo de secretário e tesoureiro. Paulo Pereira argumenta que é difícil administrar dinheiro da Associação quando o Presidente está à frente dos gastos, da secretaria e atuando como tesoureiro. Paulo pediu a Pedro Ribeiro que defina as atribuições de secretário e tesoureiro. Após a as explicações das atribuições, Pedro Ribeiro pediu voluntários para os cargos. Não houve voluntários. Paulo Pereira propõe a dissolução da Associação nos moldes atuais por falta de voluntários para compor o quadro administrativo e propõe que as contribuições financeiras continuem a fim de viabilizar a praia com os preceitos naturistas, mantendo o pessoal de apoio. Pedro põe a proposta de Paulo Pereira em votação, mas não foi aceita pelos presentes. Após considerações sobre a proposta de Paulo Pereira, o Peixoto propôs-se a assumir a função de tesoureiro da Associação (ANA). Pedro colocou em pauta a vaga de Secretário, observando que o João Baptista é quem no momento vem desempenhando a função de secretário. Por decisão unânime o João Batista vai ser consultado se aceita assumir o cargo de secretário oficialmente. Pedro disse que irá consultar o Edson, atual Vice Presidente, se pretende continuar no cargo.

Permanência da ANA no conselho consultivo do parque da Prainha e Grumari: Ana Cláudia é a favor da permanência e pede ao presidente que diga no que a permanência pode favorecer a Associação (ANA). Pedro explica que a permanência no conselho consultivo é importante para que as associações exponham as suas necessidades. Ficou então decidido pela permanência no conselho dos parques da Prainha e Grumari .

Construção da guarita do Salva Vidas: Willian pergunta se existe dinheiro para a construção da guarita. Pedro diz que por proposta do conselho dos Parques, toda madeira necessária será doada por eles e a ANA arcaria com as despesas da construção. Posta em votação, a assembléia decidiu por manter o projeto de construção da guarita com o armário para uso da Associação.

Novas formas de atuação da associação: Paulo Pereira levanta a questão de que, diante do reduzido número de associados pagantes e dos altos custos para a manutenção do pessoal do apoio, a Associação deveria se voltar mais para os associados, porém sem deixar de impor limites comportamentais em toda a praia, uma vez que é sabido que freqüentadores assíduos, mesmo sabendo da existência da associação, não se associam mas querem se aproveitar das benesses. Willian considera que a medida proposta por Paulo Pereira seja vista com antipatia por novos freqüentadores e que possa dificultar o ingresso de novos sócios e propõe que o pessoal de apoio deva se adequar, operando de modo mais racional. Arnaldo diz que não devemos deixar as áreas mais distantes da praia sem atenção. Peixoto se diz preocupado com os casais novatos e que não se deve perder a oportunidade de aumentar o número de novos casais associados. Segundo Pedro Ribeiro, a segurança restrita quer dizer que a praia é livre nas demais áreas e não podemos ignorar os fatos que acontecem em áreas mais distantes da praia. Paulo Pereira propõe que a Mitz tenha a função de orientadora e relações públicas na praia, abordando a todos na entrada da praia, falando da Associação, convidando-os para associarem-se além do que já faz, que é alertar o apoio de possíveis ilícitos. Cláudia acha que todas as pessoas devem ser abordadas antes de entrar na praia. A votação decidiu que a Mitz fica de recepcionista na entrada da praia para distribuir folhetos e orientação pedindo que as pessoas tirem a roupa antes de entrar. Pelo adiantado da hora, Paulo Pereira pediu licença ao presidente para se retirar da reunião e passar a função de secretário para Willian, o que foi aceito.

Foi aprovada a restrição da presença da Sra. Roberta nos limites da Praia do Abricó. O único voto contrário foi o do Sr. Arnaldo.

Foi decidido por unanimidade que a Anabricó deve apoiar oficialmente a manifestação Toplessaço, em favor de condições de igualdade de condições no vestuário de praia entre homens e mulheres. Ou seja: Peitos nus.

O Presidente da Anabricó, Sr. Pedro Ribeiro, declarou que irá permanecer à frente do cargo até o final do Carnaval de 2014. Na data será convocada nova assembléia para eleição dos novos dirigentes.

Como ninguém manifestou o interesse em propor ou discutir qualquer outro assunto, foi declarado o encerramento dos trabalhos às 15 horas de 07 de dezembro de 2013

Estiveram presentes:
William G. Figueira
Claudia Bastos Rabelo
Carlos Martinho de Freitas
Enilde A. P. Peixoto
Ana Maria Ferreira
Arnaldo Santos
Anna Claudia M. Mariant
Carlos Cesar S Campos
Paulo Roberto Pereira

Pedro Ricardo A. Ribeiro
 

Paulo Roberto Pereira e Willian Figueira - secretários

Pedro Ricardo A. Ribeiro - presidente