Ata da Assembléia Geral Ordinária da Associação naturista de Abricó
Data: 15 de setembro de 2007
Local: Praia do Abricó

Às 15:00 o presidente da Associação, Pedro Ribeiro, deu por aberta a Assembléia. Escolhida a mesa diretora, composta por Pedro Ribeiro, presidente e Antonio Alves, secretário foi lida, por Pedro Ribeiro, a Ata da Assembléia anterior, realizada em 11 de agosto passado, a qual foi aprovada por unanimidade. A Assembléia começou com 5 associados presentes.
Em seguida Pedro Ribeiro apresentou informes:

1) Não há alteração na situação do pedido para mudança no texto da Lei que estabelece as normas de conduta na praia do Abricó (Lei 4059), que está tramitando na Câmera de Vereadores do município do Rio de Janeiro.

2) Também não há alteração significativa na situação financeira da Associação.

3) Foi entregue o passaporte de Stéferson, pedido na Assembléia anterior. Os demais pedidos de passaportes não foram atendidas porque os solicitantes não compareceram à assembléia.

Começando a parte das deliberações:

1) Caso Nathália Rodrigues. A atriz foi fotografada por um paparazzo no dia 5 de setembro e a foto saiu em jornais e diversos sites da Internet. A foto tirada de forma abusiva contraria as regras internacionais das áreas naturistas, que determinam que somente fotos autorizadas podem ser feitas. O fato da pessoa fotografada ser atriz, portanto pessoa pública, não altera as normas. Pedro sugere que deveria ser feito um protesto que mostre a insatisfação da Associação e dos frequentadores com a situação. Foi aprovada por 7 votos a 1 a confecção de nota explicativa para ser distribuída à imprensa ressaltando sobre a falta de ética tanto do profissional quanto dos meios de comunicação que divulgaram as imagens.

2) Reunião Geral com frequentadores da praia. Esta reunião foi solicitada por freqüentadores da praia não associados que querem ter mais informações a respeito do funcionamento da Associação e também gostariam de expressar opiniões a respeito da organização da praia, da Associação, pagamentos de pessoal orientador, entre outros. Bia observou que as pessoas que ficam no fundo da praia, isolados do restante da Associação, já estão se integrando aos poucos conosco e que vários de nós já estamos indo para o fundo também. Sugestões: fazer convocação por meio de mega-fone, pedindo a presença geral, pouco antes dos horários das reuniões gerais. Marcado para para o primeiro final de semana de sol após a data da realização desta assembléia. Foi aprovado, por 7 votos a zero, para domingo, 23, em dois horários, um pela manhã e outro à tarde.

Meios para a realização: foi feito levantamento de preços de megafone: o mais barato: R$ 96,00 e o mais caro R$ 226,00. Foi proposta sociedade com o vendedor PQD, para que ele use também no bingo. Foi decidido comprar o megafone, por 7 votos a 1. Iara e Bia propõem-se a pedir dinheiro para a compra do megafone. Pedro acha inadequado por já passarmos a caixinha.

3) Festa da Criança na praia. Foi sugerido que se fizesse uma festa para homenagear o dia das crianças na praia. Seguiram-se debates de como deveriam ser esta festa. Carlos lembra que nada, na praia, atrai as as crianças e que as crianças que vêm ficam vestidas. Iara sugeriu pedir aos adultos trazerem as crianças nesse dia. Pedro sugeriu dar brindes às crianças que participarem das brincadeiras, aqueles que sobraram da festa julina em julho passado.

Foi decidido (por oito votos a zero) que a festa ocorrerá em dia a ser estabelecido, durante o feriadão do dia 12 de outubro. Carlos Martinho, Yara e Bruno formaram uma comissão voluntária para organizar a festa.

4) Foi decidido que os novos Associados que se integraram  a partir de 1 de setembro, e que ainda vierem a se integrar, terão os bônus relativos à adesão  válidos por três meses, em vez de dois, voltando a ser como era antes desta data. Não houve alteração no valor da adesão da pessoa sozinha (R$ 50,00). Do casal o preço passou para R$ 70,00.

A assembléia foi encerrada às 16:30.

Assinaram a lista de presença 8 associados

Sendo assim disposto, Rio de janeiro 15 de setembro de 2007

Pedro Ribeiro – presidente
Antonio Alves – secretário