ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL DA A.N.A. REALIZADA ÀS 14:30

DO DIA 23/07/2005, na praia de Abricó

 

         Dado início à Assembléia, Pedro Ribeiro (presidente da Associação) e André Herdy (secretário) e Beate Flunkert (Relações públicas) compuseram a mesa diretora nos cargos de presidente, secretário e auxiliar, respectivamente. Escolhidos os componentes da mesa, passou-se a apresentação dos temas a serem abordados por meio da leitura da Pauta:

- Informes gerais sobre a associação.

- leitura para aprovação da Ata da assembléia anterior.

- Avaliação dos pedidos para novos sócios permanentes

- Placas ou diplomas de reconhecimento para pessoas que ajudam a associação de maneira extraordinária

- Alteração do tamanho da área de nudismo obrigatório

- Outros assuntos

- Votação de data para nova assembléia, um domingo de agosto

O presidente informou que esteve novamente na Secretaria Municipal de Meio-Ambiente para levar à entidade o protesto da associação quanto ao desmatamento na encosta da praia do Abricó. A secretaria informou que a devastação foi feita realmente por aquela instituição, porque o mato composto de capim colonial já estava sufocando as outras plantas. O mato cortado permaneceu no local par servir de adubo. Informou também que serão plantados espinhões para impedir a passagem pelas trilhas, bem como fechar mais as áreas rentes à estrada com mais arbustos, para impedir a visão e a passagem. O trabalho está prometido de ser realizado no dia 25 de julho, segunda-feira.

Prosseguindo os trabalhos, passou-se à leitura, pelo sr Antônio, da Ata da assembléia do dia 18 de junho de 2005, a qual foi aprovada por unanimidade.

Daniel fez menção de elogio para a atual localização da faixa que separa a área de adaptação da área de top-less, sendo aprovada por todos.

Próximo ponto é a aprovação de solicitação de alteração de classe social de associados. Os associados Sidney Pereira Duarte e Leonardo Reis Calheiros, pediram ao Presidente Pedro Ribeiro que lesse um e-mail com a solicitação de ambos para mudar da classe de sócio simpatizante para sócio permanente, já que não podem comparecer nas assembléias realizadas aos sábados. Lido o e-mail, a Assembléia decidiu que não poderia aceitar a solicitação desta forma, pois ambos não são conhecidos de quase a totalidade dos presentes, não se sentindo apta a votar.

O Associado Edson avaliou que não é de interesse haver associados que não possam vir às assembléias e que, então, deveríamos fazer alternância mensal entre o sábado e o domingo. Tópico que será discutido e votado no final dessa assembléia.

Próximo ponto a ser discutido é a questão da placas de reconhecimento a serem dadas a pessoas que tenham contribuído de maneira extraordinária para a boa realização do naturismo na praia do Abricó. O associado Edson sugere que seja entregue um diploma em vez de placa. Por questão de ordem passou-se à votação da aprovação da convecção das placas de homenagem, por unanimidade foi determinada, mas haverá um estudo de como será realizada, se diploma ou placa. Levantada a sugestão de que a primeira placa seja entregue para o Pedro Ribeiro, o que foi aprovado por unanimidade.

Próxima discussão foi a alteração do tamanho da área de nudismo obrigatório. O presidente relatou que haviam chegado até ele sugestões para a diminuição da área de nudismo obrigatório e a conseqüente aumento da área de top-less. Por iniciativa do próprio presidente foi apresentada a proposta inversa, aumentar a área de nudismo total.

Amplamente discutido, a votação unânime aprovou que a partir do dia 6 de agosto de 2005 os tamanhos das duas áreas serão alteradas: aumentando-se a de nudismo total e diminuindo-se a de top-less. A nova divisão será delimitada cerca de 15 metros da posição atual no sentido da entrada da praia.

Um ponto novo apresentado, fora de pauta, foi a criação de grupos itinerantes pela praia. O grande grupo que se senta junto fique a cada dia de praia baseado em um local diferente: no local atual, em um dia, no meio da praia, no outro dia, no final da praia em seguida, depois retornando ao local atual e assim sucessivamente. O Objetivo é provocar maior integração dos frequentadores da praia com a associação e dificultar ações não naturistas de alguns frequentadores. Foi aprovado por unanimidade e decidido que essas modificações comecem a partir de sábado 30 de julho.

Discussão sobre tomada de preços em gráfica para confecção de panfletos ilustrados ficou adiada para próxima assembléia.

O próximo ponto foi a discussão sobre a aceitação de um “patrocínio” oferecido à associação. Tratava-se de um esquema de vendas em rede de negociadores, tipo AMWAY e HerbaLife. Foi recusado por unanimidade.

O último ponto foi a definição da data da próxima assembléia. Ficou decidido que seria em um domingo de agosto. Duas datas foram apresentadas: 21 e 28. A aprovada foi a de dia 28, por 9 votos a 1.

         Sendo assim disposto

Subscrevo,

Pedro Ribeiro - Presidente

André Herdy - Secretário