MENSAGENS ANTIGAS 2005

 

Grupos para Abricó ?

 

Gostaria de saber se vocês geralmente vão em grupos. E teclar com alguma pessoa que frequenta a praia. >msn> hot.jr@hotmail.com

 

Júnior

Duque de Caxias - RJ

hot.jr@hotmail.com

(enviada em 26/12/05)
 


 

Convite

 

Ola amigos Naturistas:
Para quem gosta de boa música (Bossa Nova, Jazz, MPB e geral) comunico que dia 29 DEZ 2005 estarei no Mistura Fina (Lagoa) a partir das 22;00h. Serão todos bem vindos. Desde ja antecipo meus agradecimentos e desejo-lhes um Feliz Natal e Próspero Ano Novo.
 

Cleto Paiva (Músico e Massagista)

Rio de Janeiro -RJ

cpai@uol.com.br
(enviada em 23/12/05)
 


Congratulações

 

Congratulo os frequentadores da Praia do Abrico, há muito não frequento o local, nos anos 70 eu frequentava a praia com minha mulher, porém naquela época era muito raro o naturalismo, fico contente que hoje isto seja encarado com mais naturalidade.

Parabéns

 

Arnon Weiss

Rio de Janeiro - RJ

(enviado em 21/12/05)


 

Parabéns pela vitória

 

Acompanhei atentamente e fiquei muito feliz com a conquista de Abricó. Parabéns a todos que estiveram sempre à frente por esta luta.

 

Edson Aguiar

Anatins - Amigos Naturistas do Tocantins (em formação)

Palmas - TO

(enviado em 15/12/05)


 

Discriminação

 

Não sei dizer com certeza, se o que percebo acontecer comigo em Abricó pode ser chamado de discriminação. De qualquer forma, não nada que possa, ainda, deixar você, enquanto presidente da ANA preocupado.

Mas, gostaria de refletir sobre algumas coisas ou regras sobre o naturismo:

Parece que há uma regra ou consenso na maioria dos clubes e entidades naturistas que homens sós não devem,ou não podem frequentar, espaços naturistas.

Que casais ou familias naturistas se sentiriam incomodadas, constragidas, etc... com a presença e/ou aproximação de homens que frequentam espaços naturistas sozinhos,.

Embora no Abricó, a diretoria da ANA jamais pensou ou teve a intenção de restringir a frequência de homens sozinhos, muitos casais e familias que frequentam Abricó mais assiduamente, costumam olhar com desconfiança e mostrar uma certa resistência à presença e à aproximação de homens sozinhos.
 

Já percebi isso várias vezes com relação a mim e quando senti que as pessoas e casais estavam se sentido incomodadas ou constrangidos, tive a sensibilidade de manter devida distância que essas pessoas, e casais, gostariam e estavam precisando ter para si.

Com toda certeza essas pessoas têm todo o direito de se "fecharem" e se auto-protegerem de curiosos, vouyers,etc... que durante muito tempo irão frequentar Abricó,muito mais agora, que está virando moda, e esse verão promete...

É impossivel frequentar uma praia sem olhar pras pessoas, sejam homens ou mulheres, seja numa praia naturista, ou numa praia comum.

Numa praia naturista, no entanto, tanto olhar para as pessoas, como ser olhada por elas, antes de tudo, é uma forma de reeducar o olhar e o ser olhado, principalmente, num ambiente em que a maioria das pessoas, está se tornando naturista agora.

Este reeducar o olhar e o ser olhado, significa, olhar para o corpo de uma senhora ou de um senhor de idade avançada e ver neles beleza e graça.
 

Costumo dizer a vários amigos que querem conhecer Abricó, se eles querem ir lá mostrar seus corpos sarados e malhados durante seis meses para exibi-los no verão, que perderam tampo, energia e suor malhando nas academias.

Que se dedicassem este tempo, malhando o espirito, exercitando as emoções para viverem a experiência singular, gratifante e única que frequentar uma praia naturista, teriam sido muito mais se benficiado.

Talvez, Pedro, que seja preciso que todos nós que frequentamos praias naturistas, devamos nos reeducar para frequentar uma praia naturista... acho que isso vai se dar com cada um e com o coletivo, muito mais pela prática e pela convivência, do que pela teoria e pelo discurso...

E isso não é uma tarefa nem uma obrigação da diretoria da ANA. Cada um de nós que frequenta Abricó, mais ou menos, de acordo com sua disponibilidade de tempo, precisa despertar em si a consciência de que somos responsáveis, não só pela preservação fisica ambiental da praia, mas de cada um de nós seus frequentadores, pelo menos esse grupo de, já algumas dezenas de pessoas, que amam e praticam o naturismo em Abricó,

Acho sinceramente, que com o tempo vamos encontrar formas de aproximar mais as pessoas, que frequentam Abricó, sejam famílias, casais ou pesoas sós, vai ser muito legal, quando moças sozinhas começarem a ir Abrico como vão a outras praias, e elas só voltarão mais vezes, se se sentirem bem, confortaveis, respeitadas... e "desconstragidas".

Acho que essa não deve ser uma preocupação sua, mas de todos nós.

Estou elaborando uma oficina de dinâmica de grupos para uma rede de movimentos sociais em que milito, e talvez até a gente pudesse conversar sobre sua aplicação, pelo menos de início, com os frequentadores mais assíduos, já que muitas das técnicas dessa oficina são jogos, exercicios, etc... para áreas livres e á "céu aberto" que possibilitam a participação simultânea de 60, 80 pessoas.

Saudações Naturistas!
Um beijo!
do Amigo
DELEY

Rio de Raneiro - RJ



 

Há respeito no Abricó ?

 

Gostaria de saber se nessa praia de naturismo há respeito pelas outras pessoas, se tem segurança, se tem chance de pessoas fazerem surtos ou outros delitos, se tem quiosques para consumo de comidas, lanches e bebidas e se, de acordo com casais de namorados ou marido e mulher, há problemas de terem uma intimidade na praia ou se é proibido esses tipos de coisas por ser um lugar freguentado por famílias também, pois o que vi nas fotos há até crianças que frequentam a praia também. E se os homens se excitam por verem mulheres nuas ou se eles tomam alguma coisa para não acontecer ereções ou coisas desse tipos, que podem ser constrangedoras para homem e mulher.

 

Grato por lerem e espero respostas.

 

Adriana

Rio de Janeiro - RJ

(enviada em 23/11/05)


Cara Adriana, sua carta está meio confusa e me deixou meio confuso também. A praia do Abricó é uma praia de naturismo, portanto segue o Código de Ética do naturismo. Por outro lado, é pública, portanto segue as leis vigentes para qualquer área pública. Respondendo por partes, há segurança paga pela Associação aos sábados, domingos e feriados ensolarados. Nos meios de semana não há. A que tipo de surtos você se refere ? De maneira geral a praia é bem tranquila, e pessoas com má conduta são exceções. Até mesmo no meio de semana. Há barracas que vendem refrigerantes, cervejas e sanduíches naturais. Quanto a casais, o comportamento deve ser discreto e respeitoso com as demais pessoas que estão na praia. Naturista não está a fim de ver show erótico nos locais naturistas. Portanto comportamento excessivo é repreendido, como deveria ser em qualquer lugar público. Há várias crianças que frequentam o local. Ninguém toma nada para deixar de se excitar, simplesmente eles têm respeito pelo ambiente. Visite a praia e converse conosco, nos finais de semana.


 

Por quê não também a outra parte ?

 

Olá. Um dia fui conhecer a praia e adorei! É muito bom poder andar nu. Agora fiquei curioso. Por quê a outra parte da praia não é para os naturistas?

 

Anderson Rocha

Duque de Caxias - RJ

(enviada em 3/11/05)


Olá, Anderson. Embora a Resolução Municipal que determinou a praia de Abricó como área naturista não tenha delimitado área, tradicionalmente os naturistas sempre frequentaram aquela região após as grandes pedras, que acabou sendo um portão natural. Ali ficamos mais resguardados. Por enquanto, na minha visão, não há necessidade de ocuparmos a outra área (o que poderia provocar novos confrontos judiciais), porque o número de naturistas frequentadores é perfeitamente acomodada no local onde estamos.


Praia Linda

 

Bom dia,

 

Acessei o site da Praia de Abricó, gostei muito. Visualizei a galeria de fotos, muito bem selecionadas. Fotos lindas, baixei algumas no meu micro. Coloquei uma como Papel de Parede. Conheci algumas pessoas recentemente no V ENCONTRO BRASILEIRO DE NATURISMO, realizado na Praia de TAMBABA.

 

Sou naturista, frequentadora assídua da Praia de Tambaba. Tenho orgulho de ser Paraibana e poder frequentar um paraíso natural, que é Tambaba. Gostaria muito de um dia conhecer Abricó. Achei linda a praia, rodeada de montanhas.

 

Espero manter contato com vocês. Um super beijo.

Gyslayne Suene

Tambaba - Jampa - Paraíba - Brasil

gys_suene@yahoo.com.br
(enviada em 19/10/05)


 

Parabéns ao Abricó (2)

 

Oi, Pedro,

Há um bem maior que está atingindo a todos nós, que é o espaço no qual todos saboreamos nossos corpos nus, sem constrangimento, embelezados pela exuberância das águas e do verde de Abricó.
Devemos muito disso tudo a você!
Um abraço, agradecendo o seu constante empenho em defender esse ambiente que é um pedaço do céu para todos que amam o naturismo.
Abraço forte.
O Mineirinho que adora essa praia.
 

Beto

Rio de Janeiro - RJ

(enviado em 11/10/05)


 

Parabéns ao Abricó

 

Companheiro Pedro.

Parabéns para você e toda a turma da ANA, pelos dois anos de legalização da Praia de Abricó. Você fez por merecer após tantos anos de incansável luta para que o Rio de Janeiro pudesse finalmente ter seu espaço naturista. Curtam bastante este momento de glória.
Desejamos muitos felicidades para todos e que os festejos sejam bem animados.

Beijos dos amigos.

Maria Luzia e Gilson

Vitória - ES

(enviado em 3/10/05)


 

Trabalhar e andar pelado

 

BEM MEU NOME É WAGNER. TENHO 23 ANOS E ADORARIA FAZER PARTE DESSA FAMÍLIA MARAVILHOSA. ADORO ANDAR PELADO PRA LÁ E PRA CÁ, PENA QUE AQUI EM CASA NãO POSSO FAZER ISSO. É PORQUE TENHO DUAS IRMãS, MAS ADORARIA MUITO FAZER PARTE E QUERIA LHE DIZER MAIS. ADORARIA TAMBÉM TRABALHAR NUM SÍTIO. ADORARIA, GENTE, COMO EU POSSO FAZER ISSO? É PORQUE TAMBÉM EU NÃO CONHEÇO NINGUÉM QUE GOSTE DE NATURISMO QUERIA SABER DA OPINIÃO DE VOCÊS E COMO QUE EU FAÇO PRA FICA ASSIM COMO VoCÊS, PELADÕES? VOCÊS PODERIAM MANDAR UMA DICA? UM ABRAÇO PRA TODOS E ESPERO VOCÊS. ME MANDA SUAS OPINIÕES, OK?

 

UM ABRAÇO PRA TODOS

 

Wagner

Duque de Caxias - RJ

WAGNERFILEZINHO@HOTMAIL.COM
(enviado em 1/10/05)


 

Adoro naturismo

 

oi, fico feliz por esta enviando esta mensagem. Adoro naturismo, morro de ciúmes do índios de antigamente que andavam sem roupa, curtindo a liberdade. Já frequentei duas praias, Trancoso, e Cabo Frio, achei a experiência maravilhosa. Em Trancoso estávamos em uma excursão, fomos eu e mais quatro pessoas, inclusive duas meninas, que curtiram bastante. Houve muito respeito com elas e, segredo também, ninguém fora a gente ficou sabendo, sabe como é, o pessoal iria imaginar besteira, e o que iriam dizer delas?.

 

Aqui tem um lugar onde fazemos naturismo, é um sítio, muito bonito, com bastante verde, são poucos os frequentadores, pois as pessoas confudem as coisas, infelizmente. Gostaria mesmo de saber mais da associacão, trocar idéia e conversar com algumas pessoas do grupo, e quem sabe eu não possa em breve esta presente.

 

Atenciosamente. Aguardo resposta. Tomara que seja breve.

 

Marco Antonio

Teresópolis - RJ

madssouza@yahoo.com.br

(enviado em 26/09/05)
 


 

Cidade conservadora

 

Moro em uma cidade muito conservadora e convivo com falsos moralistas. Gostaria de saber mais sobre as pessoas que frequentam este espaço. abraço. obrigado

 

Alex Rodrigues

Vassouras - RJ

alexfrodrigues@click21.com.br
(enviado em 19/09/05)


Corresponder-se com quem mora  no Valqueire

 

olá, gostaria de me corresponder com quem mora perto do Valqueire, pois adoro naturismo e acho dificil porque sendo solteiro vá fazer amizades. Se alguem quiser bater um papo, é só me mandar um e-mail

um abração
OBS: paulosergio.machado@oi.com.br

 

Paulo Sérgio

Rio de Janeiro - RJ

(enviado em 13/09/05)



 

Viajante vai chegar já.

 

Gostaria de ter e-mail de praticantes de praia de nudisno para trocar idéias porque estou indo  13  10 2005. Obrigado

 

Hudson Lopes de Souza

Baurú - São Paulo

serralheria.wencelau@bol.com.br
(enviado em 13/09/05)


 

Correspondência com naturistas do Rio de Janeiro, de preferência

 

GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PARA ME CORRESPONDER, ATRAVES DE E-MAIL, COM PESSOAS QUE PRATICAM NATURISMO? DE PREFERÊNCIA, A PRINCÍPIO, RESIDENTES DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO. POIS TENHO VONTADE DE PRATICAR O NATURISMO, E ATÉ CONHEÇO A PRAIA DO ABRICÓ, MAS É UM POUCO DIFÍCIL ENCONTRAR AMIGOS QUE GOSTEM FAZER NATURISMO. POR ISSO DEIXO DE PRATICAR POR FALTA DE PARCERIAS. POR FAVOR ME AJUDEM!

 

Ivanildo Conceição

Rio de Janeiro - RJ

nyll@oi.com.br
(enviado em 10/09/05)


 

Iniciante e inexperiente

 

Moro só e em minha casa, tenho o costume de andar nu. Mas quando chega uma visita, me visto para atender. Nunca fui a uma praia ou clube naturista, mas tenho vontade de conhecer. Mas como moro há pouco tempo no RJ e não conheço nenhum naturista, ainda não me encorajei a ir até o Abricó sozinho.

 

Existe outro lugar na cidade do Rio onde se pratica o nudismo? Me interessei por Abricó por não obrigar homens solteiros a ir acompanhados de mulher. Conheço a ética nudista e não é meu propósito agir de forma diferente. Bem, como faço para conhecer outros nudistas? E, novamente, existe outro lugar onde se pratica o nudismo no Rio?
Obrigado pela anteção

 

Renato

Rio de Janeiro

reanoy@yahoo.com.br
(enviado em 1/09/05)

 

Olá, Renato. No município do Rio de Janeiro não há outro lugar onde se pratica legalmente o nudismo em áreas públicas. A Praia da Reserva, na Barra da Tijuca, em um trecho bem próximo já ao Recreio e ao antigo restaurante Lokal ainda possui uns poucos nus clandestinos. Em pousadas somente o Solar de Guaratiba apresenta o nudismo como prática, porém não seguem a filosofia naturista. Em nosso estado há a praia Brava de Cabo Frio e a Olho de Boi, de Búzios. Além da praia da Figueira, em Trindade, distrito de Parati. Há também o sítio Recanto Paraíso no município de Piraí.


 

Informações e contatos

 

Olá para todos,
Vi o site e achei muito legal termos um local aqui no RJ tão bonito para pratica do nudismo... Gostaría de poder receber informações sobre o mesmo, e se existe um grupo de amigos ao qual eu possa ingressar e poder me comunicar melhor, pois iniciei no nudismo na Bahia durante um tempo que trabalhei lá, e desde que voltei para o RJ venho tendo vontade de conhecer naturistas daqui...
Desde já agradeço, meu MSN é (edson_ajc@hotmail.com), espero poder me comunicar com VCs e logo estar também desfrutando desde paraíso...
Um abraço a todos,
 

Fiquem com Deus

 

Edson Alexandre

Rio de Janeiro - RJ

edsonrj33@yahoo.com.br

(enviado em 01/09/05)
 


 

Contatos com pessoas

 

Tenho muita vontade  de frequentar  praia de naturistas,  mas preciso ter contatos com pessoas que praticam, ver fotos e  conhecer pessoas que praticam primeiro. Por favor, mandem fotos  e contatos. Sou gente boa.   Valeu. Quero ser naturista também. Um abraço.

 

Edilson Souza

Muriaé - MG

milhonario@ig.com.br

(enviada em 24/08/05)


Ereção em área naturista

 

Achei muito legal este site, pois sempre tive curiosidade em saber como funciona uma praia de naturista. Embora eu tenha lido o código de ética eu ainda tenho uma dúvida: devido a falta de costume, no caso específico de homem, se ele tivesse uma excitação ( ereção ) mesmo sem a intenção de tê-la, ele estaria infringindo o código de ética? ou isto é normal desde ele não seja inconveniente com outras pessoas?
Um abraço,

Vicente Leite Soares

Ubiratã - PR

(enviada em 23/08/05)

É muito incomum haver excitação física em áreas naturistas. Isso se deve ao fato de o erotismo diminuir bastante diante de corpos naturalmente nus e todo o tempo estarem assim. Alguns pouquíssimos novatos têm algum tipo de ereção natural. O que se pede quando isto acontecer é não ficar se exibindo, andando. No máximo ir até água do mar (se for o caso). Recomenda-se que fique sentado discretamente e espere a ereção passar. Se não conseguir, mesmo com as conversas que fatalmente receberá de outros frequentadores, será convidado a se retirar da praia. Se a ereção  tiver sido estimulada por manipulação não há perdão. A expulsão é o fim.
 


 

Adoro Abricó

 

Olá, boa ... adoro pensar na véspera que vou para Abricó. Arrumo os sanduíches ,frutas, biscoitos e a mochila com filtro. Pareço criança na Véspera de Natal com a ansiedade de abrir o presente. mas tudo me relaxa quando deixo o carro e já começo a descer as escadas em direção à praia. Tô triste hoje porque é quinta feira. Amanhã não irá fazer sol e estarei de folga. Todas as minhas folgas reservo para sair às 7h da manhã e sair da areia às tantas ate meu olho nao enxergar. Tô procurando até uma pousada para pernoitar. Moro próximo à Lapa e é com muito prazer que atravesso toda a cidade.

Beijos, abraços e mantenha a praia limpa.

 

José Fabiano

Rio de Janeiro - RJ

(enviada em 11/08/05)


 

Conheci pela Net

 

Beleza, gostei de conhecer a praia naturista de Abricó, pena que foi pela net, mais um dia pretendo conhecê-la pessoalmente.
Gosto bastente de acampamento em lugares deste tipo, ficar totalmente  à vontade.
Gostaria de me corresponder com pessoas que também curtam viver a vida sem limites e preconceitos.

 

Carlos Cazzevedo

Palmas - TO

cazzevedo@hotmail.com
(enviado em 10/08/05)
 


Contatos com Niteroienses

 

Tudo bom. Eu qostaria de saber se há alguma família ou pessoas de Niterói ou São Gonçalo que frequentam esta praia linda. Se houver gostaria de pedir a esta ou estas pessoa para, se puderem, entrarem em contato comigo, pois preciso de compainha para ir a Abricó.

 um abraço e até logo!!!

 

João Batista Pereira

São Gonçalo - RJ

naturio2003@bol.com.br
(enviada em 6/08/05)


 

Reflorestamento

 

Solicitamos que pessoas que tenham conhecimento em reflorestamento de áreas degradadas pelo poder público, principalmente na sensível orla marítima, ajudem ou enviem parecer técnico para que a praia do Abricó restaure seu equilíbrio. Isto com vegetação natural, sem exemplares exóticos ou alienígenas.
Estou enviando este pedido como uma pessoa que desde 1972 luta contra o "embelezamento" irracional das orlas.
Se esperarem pelo replantio, virão: pinus, eucaliptos, amendoeras, ou qualquer outra planta da vez.
Sem nenhum fruto, ou flor para servirem de alimento da fauna.
 

Nelsinho
seguro@vidaclube.com.br

Rio de Janeiro - RJ

(enviado em 5/08/05)


 

Naturismo é legal

 

É muito legal a prática do naturismo, espero que possamos sempre ter espaço pra viver do jeito que gostamos. Sou adepto há algum tempo e frequentemente vou à praia do Abricó.

 

Dário telles

Nova Iguaçu - RJ

(enviado em 5/08/05)


 

contatos com naturistas

 

Gostaria de ter contato e relato de naturista. Um forte abraço e fiquem com DEUS.

 

Luciney Rodrigues

Belo Horizonte - MG

luciney@gmail.com
(enviada em 20/07/05)
 


 

Correspondência com quem ama  a praia

 

olá... Como eu faço pra me corresponder com pessoas que amam a praia do Abricó, mas que, como eu, gostariam de conseguir amigos para carona. Não tenho carro. Fui 2x a pé e é muito cansativo na volta... por favor... podem ser solteiras ou casadas... Moro na Vila Valqueire.
Gostaria muito de me corresponder, pois amo o nu... nudez... naturismo... e não tenho namorada...
poderiam entrar em contato...através do meu e-mail.

obrigado

 

Paulo Sérgio

Rio de Janeiro- RJ
paulosergio.machado@click21.com.br

(enviado em 19/07/05)
 


 

Participar de bate-papos naturistas

 

É possivel comunicar-me virtualmente com membros do naturismo ? Às vezes tenho vontade de bater um papo legal com gente de mesma cabeça, praticando o naturismo virtual.
Se e possível, o que eu tenho que fazer para comunicar-me com essas pessoas?
obrigado!

 

Cardoso Cato

São Paulo - SP

dadoo0002@hotmail.com
(enviado em 18/07/05)


Manter contatos

 

Espero manter contato com pessoas que pratiquem o naturismo para troca de fotos e e-mail obrigado!

 

Vando Ferreira Cirino

vandocirino@hotmail.com.br
Niterói - RJ

(enviada em 13/07/05)


 

Contatos com naturistas cristãos

 

Gostaria de endereços para contato com Cristãos Naturistas.

 

Waldomiro Rodriguez
wrshiran@yahoo.com.br
Rio Branco do Sul - PR

(enviada em 7/07/05)


 

Contatos com mulheres

 

Obrigado por colocarem o meu recado no site de vocês, fico feliz por saber que meu recado será lido por naturistas de todo o Brasil, caso haja a possibilidade de ter contato com pessoas para ir à praia gostaria que fossem mulheres, pois dois homens que respondeream aos meus e-mails eram homoxessuais e estavam com segundas intenções. Gostei muito do estilo de vida se possivel divulguem esse recado e ficarei feliz se obtiver uma resposta.

 

Alan Kardec das Neves Sobrinho

Rio de Janeiro- RJ

kardecns@hotmail.com
(enviada em 4/07/05)


 

Contatos com mulheres naturistas

 

Olá Pessoal.
Sou naturista e gostaria de manter contato com casais ou famílias naturistas para formação de uma amizade. Gostaria de conversar com mulheres naturistas....
Um abraço a todos.
 

Cléia Slmi

Jaú - SP
cleiaslmi@hotmail.com

(enviada em 4/07/05)


 

Quero receber convites

 

Gostei do site e gostaria de receber convite de algum freguentador para visitar a praia.

 

José Ricardo Dias

Nova Iguaçú - RJ

jose_ricardo31@Yahoo.com.br
(enviada em 3/07/05)


 

 

Parabéns aos cariocas

 

Parabéns aos cariocas pela conquista, que o Brasil é o paraiso aqui na terra eu não tenho dúvidas, vejam bem: pode até haver racismo, mas nunca vi nenhum negro ou indio ser maltratado acintosamente como ocorre no primeiro mundo. As pessoas mais lindas da face da terra estão aqui. Temos uma criatividade sem precedentes. Mas nem tudo é perfeito, até no Paraíso há demônios. Só nos resta exorcisar essas criaturas e assim tudo será perfeito, como no PARAÍSO.

 

Ariovaldo Luciano Lucas

Franca - SP

(enviada em26/06/05)


Depoimento

 

Prezado Presidente da ANA MD Pedro Ricardo de Assis Ribeiro        

 

Por coincidência ou ironia do destino fui pela primeira vez à praia de Abricó no dia 05/06/2005, Dia Internacional do Naturismo quando compareci acompanhado de minha esposa.        

 

Após comparecer três vezes à praia, a ultima ontem dia 26/06, verifiquei mais uma vez que, as pessoas que lá tem comparecido, são pessoas que procuram o local realmente para curtir a natureza que é tão linda, com aquele mar maravilhoso e aquela vista deslumbrante. Batem papo com seus conhecidos, jogam vôlei enfim, aproveitam o Sol para dar aquela bronzeada no corpo. Tudo corre naturalmente  como se ali na verdade todos estivessem vestidos, é isto que eu tenho admirado.

 

Sempre que possivel procuro explicar aos meus amigos(as), colegas e parentes o que é na verdade o Naturismo, pois a maioria quando se fala em "praia de pelados", fica com vergonha ou mesmo debocham, mais por desconhecimento dos fatos, do que pela intenção de ridicularizar.

 

Outro fator que faz com que principalmente as mulheres tenham vergonha de se  despirem totalmente, é a forma de educação que receberam, os preconceitos, os tabus sem sentido. Também tenho observado que gradativamente estão chegando a cada dia mais casais na praia, o que é bom e salutar, pois tiram aquela falsa idéia de que o local "deve ser uma Sodoma e Gomorra". Nada disso. Aconselho aos que ainda tem um pouco de timidez, principalmente o lado feminino, que vá até Abricó conhecer a praia e o que rola no local. Vocês vão sair de lá com certeza com outra visão do Naturismo.

 

De parabéns o Pedro Ribeiro e os demais diretores da ANA. Continuem lutando para que o Naturismo cresça a cada dia mais, sempre dentro do espírito de respeito, solidariedade e fraternidade. Espero que a doação que fiz das placas de sinalização possam efetivamente vir a ajudar a ANA e os frequentadores da praia,pelo menos esta foi a minha intenção.

 

Abraços Naturais

Humberto Fittipaldi Filho
Rio de Janeiro - RJ

(enviada em 27/06/05)   


 

Quero conhecer a praia do Abricó

 

Alô senhores da ANA,

gostaria de lhes dizer que estarei visitando o Rio pela primeira vez agora em julho e, é claro, não posso deixar de visitar esta praia que pareçe ser maravilhosa. Sou frequentador assíduo da praia do Pinho em Balneário Camboriú em SC, e fiquei curioso em conhecer este pedaço do paraíso, e é claro no mais perfeito clima naturista. Eu gostaria de saber qual é o caminho mais fácil para se deslocar do hotel Glória para esta praia, dicas e locais de acesso para se ir de carro,  de táxi, ou de ônibus. Gostei de saber que vocês não têm a mesma mentalidade da maioria das associações de naturismo deste Brasil a fora.

 

Frequento a praia do pinho há mais ou menos 5 anos e não consigo entender certas atitudes tomadas pelos administradores da mesma. Durante todo este tempo eu e minha esposa frequentamos este local onde é claro existe uma área reservada para "casais" e famílias, onde os homens solteiros não são bem vindos ou aceitos, tudo em nome da moral e dos bons costumes que o regimento da associação exige.

 

Para meu espanto e indignação, este ano eu acabei me separando da minha esposa, e quando lá estive no verão  de 2005, fui obrigado a ficar do lado esquerdo da praia que é reservado para "homens" solteiros e desacompanhados.

 

Quer dizer que se eu tenho uma mulher do meu lado eu tenho livre acesso, mesmo que seja uma "mulher de programa"; caso contrário não sou bem vindo. No lado dito só para homens solteiros o assédio dos gays é constante, basta você ficar isolado num canto e a aproximação acontece.

 

Gostaria de dizer que compartilho com a opinião do Carlos sobre Homens solteiros de poderem frequentar as praias de naturismo sem separações, podendo ter livre acesso em qualquer lugar. Na praia da Galheta em Floripa ninguém fiscaliza ninguém e todos convivem em harmonia, seja naturista ou não.

 

Um abraço, quem quiser escrever, fique a vontade, até a próxima,tchau... 

 

Sérgio Justus

justusjr@bol.com.br
Joinville - SC

(enviada em 23/06/05)   

 

Você poderá encontrar boas informações de como chegar até a praia do Abricó clicando em PERGUNTAS no menu ao lado.

 

Dirigir uma área pública não é fácil. Não é fácil controlar quem entra com intenções naturistas e quem entra com intenções hedonistas e "sacanistas". Não lemos pensamentos ainda. Então todos entram e são aceitos até que provem que não deveriam estar onde estão. Nosso lema na praia do Abricó é confiar sempre. Se não houver nenhuma atitude inconveniente no ambiente da praia então está tudo bem. Mas convites com intuito sexual ferem os regulamentos naturistas, mas só podemos tomar atitude quando o atingido (o convidado) reclama a nós na hora em que acontece, para que possamos identificar o indivíduo, o casal, ou a mulher. Na praia do Abricó não há restrições de acesso a casais, solteiros, gays ou travestis, desde que qualquer um deles tenha comportamento naturista.


 

Quase fomos

 

Olá,

minha namorada e eu estivemos no fim de semana passado em Trindade. Na segunda quase aparecemos ai em Abricó, mas o tempo fechou. Lamentamos muito pois seria nossa primeira experiência naturista.

Felicidades.

 

Peterson Gimenis

Campinas - SP

(enviada em 22/06/05)

 

Olá, Peterson. É pena que você e sua namorada não puderam vir conhecer a praia do Abricó. A Associação somente está presente na praia aos sábados, domingos e feriados ensolarados, que é quando recomendamos a visita de iniciantes. Nos demais dias o nudismo não é obrigatório e existe muitos curiosos e pessoas que procuram a praia para outras finalidades que não o naturismo. Tentem mais uma vez.  


 

Conquista do Abricó

 

Olá Srs,
Fico muito feliz em acompanhar esta conquista, que foi a oficialização da praia do Abricó como uma praia naturista. Em dezembro de 1994, eu, meu irmão e três primos fomos presos nesta praia, por estarmos praticando o naturismo... passamos por constrangimentos na delegacia e meu primo e meu irmão responderam processos... mas é bom saber que valeu a pena... saí do Rio logo após e não tive mais oportunidade de praticar o naturismo, mas sou simpatizante e conheci a praia naturista de Trancoso na Bahia, que é muito legal.

 

Espero que não desistam nunca desta prática e se esforçem em conscientizar este povo mesquinho, que vê o sexo, ou suas partes, como uma coisa anormal. Quem sabe um dia eu volte a frequentar uma praia de naturismo... mas por enquanto desejo:


Força e sucesso a todos!!!

 

Angelo

Rio de Janeiro - RJ

(enviado em 22/06/05)


 

Uso indevido de imagens naturistas

 

Embora eu não seja adepto ao naturismo, por pura falta de tempo, É triste ver que néscios desocupados e visivelmente com desalinhamento mental, busquem em sites sérios como este, fotografias para exporem em sites pornográficos.
Além de abuso da imagem alheia e desrespeito com o próximo, estes néscios incidem em crime de exposição da imagem sem prévia autorização e colocam a opnião pública em dúvida quanto ser séria a prática naturista, confundindo-a com pornografia.
A internet precisa ser séria urgente!

 

Carlos Henrique M. Pires

Belo Horizonte - MG

(enviado em 15/06/05)


 

Naturista de Macapá

 

Óla, bom dia.

Eu tenho curiosidade uma praia ou clube de nudismo, só que em Macapá não tem. Eu também gostaria de saber como funciona a politica de ética, de privacidade, essas coisas, como é o convivio das pessoas, eu acho que eu nasci naturista, sempre que posso eu to nu. Eu acho legal esse lance de andar sem roupas, sem mais muito obrigado,

 

Manoel M. Lima de França

Macapá - AP

sallima@zipmail.com.br
(enviado em 16/06/05)
 


Mais informações

 

Gostaria primeiramente de parabeniza-los pelo site que é show e pela filosofia de vida que levam. Gostaria de saber mais sobre o naturismo saber relatos de pessoas que frequentam a praia e ter contato com essas pessoas que aderiram ao naturismo. Um grande abraço a todos

 

Alan Kardec das Neves

Rio de Janeiro - RJ

kardecns@hotmail.com

(enviado em 13/06/05)

 


Relatos de naturistas

 

Gostaria primeiramente de parabeniza-los pelo site, que é show, e pela filosofia de vida que levam. Gostaria de saber mais sobre o naturismo, saber relatos de pessoas que frequentam a praia e ter contato com essas pessoas que aderiram ao naturismo. Um grande abraço a todos.

 

Alan Kardec dos Santos Sobrinho

Rio de Janeiro - RJ

kardecns@hotmail.com
(enviada em 13/06/05)


 

Gente que confude

 

Eu e minha esposa tivemos nossa primeira experiência naturalista na Praia Olho do Boi, em Búzios. Na descida do morro, encontramos um frequentador que estava manipulando o pênis e tentrou dar uma "esfregadinha" na minha esposa, houve um certo mal estar, falei mais sério com ele e descemos até a praia. Chegando fomos muito bem recebidos pelas pessoas que possuem pequenos bares e relatamos o ocorrido, disseram que falariam com o rapaz que é frequentador habitual. Um casal tentou puxar conversa e  nos limitamos apenas a concordar que a água estava fria, logo após começaram a tirar retratos, tentando nos enquadrar tambem.

 

Queremos apenas ficar ã vontade na praia sem sermos incomodados por frequentadores com segundas intenções. Somos abertos a conhecer pessoas, mas sem interesse sexual de qualquer espécie. Gostaria de saber se existe algum lugar (praia, sítio, etc) que poderiamos frequentar no Rio de Janeiro, com pessoas interessadas apenas em ficar à vontade, sem haver mistura de pessoas que não entendem a filosofia do naturalismo?
Obrigado

 

Cesar Miranda

Rio de Janeiro - RJ

(enviada em 13/06/05)

 

Lamento o ocorrido com você e sua esposa no caminho e na praia Olho de Boi em Búzios. Essa sua insatisfação com pessoas que procuram áreas naturistas com finalidades estranhas à sua filosofia é totalmente compartilhada por mim. Infelizmente não se podem ler as mentes das pessoas e só sabemos o que elas realmente pensam quando praticam algum ato.

 

Também procuro o "shangri-lá", mas, creia, é uma utopia. Em áreas públicas como praias é muito difícil manter controle destas atitudes que são inesperadas e, às vezes, partem das pessoas mais insuspeitas. Também em clubes e estâncias é difícil ser 100% controlado. Acredito que temos que aprender a lidar com isto, reagindo negativamente a estas atitudes, mesmo que seja só por uma recusa educada, mas sempre revelando qual é a filosofia naturista e dizer que aquela pessoa está no lugar errado. Afinal problemas parecidos acontecem em qualquer lugar onde há gente, praias, clubes, parques.


 

Congratulações

 

PARABÉNS PELA ORGANIZAÇÃO DESTE PRAIA, SOMOS NATURISTAS E ADORAMOS O NATURISMO E FICAMOS MUITO FELIZES SEMPRE QUE DESCOBRIMOS NOVOS LUGARES COMO A PRAIA DO ABRICÓ, FREQUENTAMOS AQUI NO SUL A COLINA DO SOL, TAMBÉM É BEM LEGAL, UM GRANDE ABRAÇO, E ESPERAMOS UM DIA PODER TER A FELICIDADE DE PODER IR ATÉ AÍ E PRESTIGIAR ESTE LINDO LUGAR, UM GRANDE ABRAÇO,

 

ANTONIO E ADRIANA

Cachoeira do Sul - RS

(enviada em 12/06/05)
 

Homens sozinhos

 

Frequento a praia a uns dois anos, e me sinto bastante confortável e seguro, mais fico preocupado com algumas mensagens que são contrárias a presença de homens sozinhos, pois cada um tem motivos para não levar sua família. A minha família e meus conhecidos não entenderiam, por vários motivos. E o engraçado é que mulheres sós não incomodam. Será que elas não tem desejos em ver homens nus, tanto quanto os homens tem de ver mulheres nuas, e mesmo os casados que vão com suas esposas e familias, não dão uma olhada no que tá em volta? Entendem o que eu quero dizer?

 

Os naturistas tanto lutaram por sua liberdade de frequentarem de forma natural a praia vão querer limitar a frequencia, que só casais heterossexuais? Acho que a associação não está pensando nisso.

 

Partindo para um outro ponto, acho que devemos lutar para nossa privacidade na praia, já que é naturista oficialmente, cobrar apoio da prefeitura, pois a praia pode ser um grande ponto turístico naturista,  conhecido internacionalmente! colocar PM e guardas municipais para coibir qualquer falta de respeito,  pois não sou obrigado a ser desrespeitado por idiotas que ficam na estrada de cima ou na tal área de adaptação.

 

Para atrair as mulheres, que são mais vergonhosas que os homens, poderia ter o uso opcional de roupas na área de adaptação, e nessa área se indivíduos ficassem olhando muito, seriam convidados a se retirar, pois não sou carne de açougue para ser visto e observado.

 

Uns abraços fraternais

 

J.C.

Nilópolis - RJ

(enviado em 12/06/05)

 

A Associação Naturista de Abricó não compartilha das idéias de divisão de praia em homens desacompanhados de mulheres e famílias. Na verdade somos uma  das associações brasileiras mais liberais neste ponto. Só considero uma mais liberal que a nossa, é AGAL (Praia da Galheta- SC) que aceita a presença de pessoas vestidas. A não ser esta restrição, não temos qualquer outra, nem relativos a homens, mulheres, qualquer que sejam suas identidades sexuais. Todos são bem aceitos desde que cumpram integralmente as regras de convivência e a ética naturista. Como você é frequentador antigo da praia (2 anos) já deve ter notado que é assim mesmo que funciona. Porém, eu acredito que todos têm direito a emitir sua opinião. E essas opiniões são divulgadas para que hajam debates e possamos provocar o crescimento do naturismo, mesmo que sejam contrárias às nossas.

 

Quanto ao policiamento não é de hoje que a associação insiste. Mas a resposta é sempre a mesma: não há contingente suficiente para fazer o patrulhamento fixo. Temos passado um abaixo-assinado na praia sobre isso. Você já assinou ? De resto espero contar com sua colaboração para que o naturismo na praia do Abricó possa ser exemplo para as outras áreas do Brasil.

 

Toda vez que você vir uma coisa errada, que fira as regras e a ética, deve dirigir-se à pessoa que está cometendo a falha e informá-la, na paz é claro. Se houver reação negativa procurar o segurança e alertá-lo. Só assim poderemos nos organizar.


 

 

Dia Internacional do Naturismo

 

A FINALIDADE DO MEU CONTATO É PARABENIZAR VOCÊ E TODOS SEUS COLABORADORES PELO BELO TRABALHO QUE FEZ EM HOMENAGEM AO DIA DO NATURISMO AÍ NA PRAIA DE ABRICÓ. VI A MATÉRIA NO JORNAL BOM DIA BRASIL E FIQUEI MUITO FELIZ PELO O SEU TRABALHO, PARABÉNS! E UM GRANDE ABRAÇO.

 

Elias Alves Pereira

Presidente da Federação Brasileira de Naturismo

Brasília- DF

presidencia@fbrn.com.br

(enviado em 10/06/05) 


 

Maravilhado com Abricó

 

Fiquei maravilhado em saber da existência do naturismo em Abricó. Sinto que chegou a hora de iniciar a prática e gostaria de maiores informações. Um abraço.

 

Marcos Palmeira

São Paulo - SP  

(enviado em 9/06/05)


 

Naturist Day in Brazil

 

Dear naturist Friend,

We from the INF would like to thank you for the efforts you made in Brazil to promote naturism and the world naturist day 2005.
I can inform you that it was also shown on our national television channel in Belgium during the 7 o'clock news on Sunday.
Congratulations!

With best naturist regards,

 

Mieke Choin
INF Secretary-general

naturism@inffni.org

(enviado em 9/06/05)


 

Matéria Internacional

 

Ontem passou uma matéria no jornal na tv, as comemorações do dia do naturismo, na praia do Abricó.
Parabéns, pois a praia já tem reconhecimento internacional.
A matéria foi ao ar no dia 7, terça-feira, no jornal (Het Nieuws) às 19:00 no canal één (tv1), do sistema vrt (www.vrt.be).  Foi muito legal ver essa matéria, aqui. Porque quando estou no Brasil, vou com minha esposa sempre ao Abricó.

Gostaria de contar a você que em fevereiro perto do carnaval, estive lá, e fui duas vezes obrigado a mudar de praia, pois o número de vendedores se tornou insuportável, haviam mais vendedores que naturistas. Pareciam mais voyeurs que vendedores, afinal eles permaneciam vestidos. E também não havia policiamento.  Um abraço cordial. Carlito.

Naturalidade

 

Gostei da naturalidade com que vocês interagem entre si, com total naturalidade. Gostaria de quando possível que  vocês me escrevam falando de como e quando eu poso estar fazendo uma visita a Abricó. Um abraço a todos.

 

Ramon Dias

São Paulo - SP

(enviada em 8/06/05)

 


Obrigado pelos elogios. É o naturismo que provoca esta integração. Quando as pesoas estão realmente com o espírito naturista há paz e harmonia. Não há erotismo nem disfarces. Venha visitar o Abricó em um final de semana com sol ou feriado. Pois é quando a associação está presente na praia com uma boa infra-estrutura de apoio.


  

Procuro grupos naturistas

 

Gostaria de fazer parte de algum grupo de naturistas. Nunca participei, porém já li e aceito os códigos de ética. Por não poder ficar exposto no sol muito tempo, gostaria de participar de encontros em outros locais. Ainda não conversei com minha esposa, mas acredito que ela aceitará depois de conhecer.

 

Abraços e espero contatos.

 

Marcelo

Rio de Janeiro- RJ

marciq@petrobras.com.br

(enviada em 7/06/05)
 


 

Homens solteiros

 

Ao visitar as mensagens li que um naturista ficou muito triste de ver na praia do Abricó muitos homens solteiros. Ele conta que não levou a filha dele por causa disso. Solteiro, acho um absurdo. Não concordo com ele, há regras para seguir. Ninguém vai para uma praia para ficar observando os outros. A mente deste naturista está ultrapassada. Eu sou solteiro e não vejo nada de mal, se a pessoa é naturista não tem que ter medo, sendo ele casado ou solteiro, há leis para seguir. Sempre navego em outros sites de naturismo. Um abraço de Carlos, sou naturista com muito prazer. mesmo sendo solteiro. As praias têm que abrir para os solteiros, sem preconceitos. Nós estamos para praticar o naturismo saudável juntos com os irmãos. Invés das mentes dos que praticam o naturismo se abrirem, eles ficam colocando minhocas na  cabeça. Pare e pense. até breve .

 

Carlos Lopes de Andrade

Araçatuba - SP

(enviada em 6/06/05)


 

Casal com problemas

 

Eu e meu namorado fomos no dia do naturismo para a praia do Abricó. Essa era a minha 2º visita e a 3º visita dele à praia. Ficamos lá até o final do por do sol. Eu e meu namorado somos adeptos do naturismo. E uma coisa que nos incomodou muito foi o fato de que ao chegarmos na praia, vários homens nos seguiram e foram sentando ao nosso redor. Se ficasse só nisso não teria problema algum. Mas esses tais homens que eram mais ou menos uns 10 homens, começaram a ter atitudes obscenas à nossa volta. Se aproximaram mais e continuaram. E não estávamos fazendo nada. Nós tínhamos acabado de vestir nossas roupas e estávamos nos preparando pra irmos embora. Acho que tal tipo de coisa deve ser mais controlado. Caso isso aconteça novamente, tomaremos uma atitude.

 

Ksal Jovem

Rio de Janeiro - RJ

(enviada em 6/06/05)

 

Lamento o constrangimento que vocês passaram na praia do Abricó e lamento o fato de vocês não terem tomado nenhuma atitude contrária, ainda esperando para uma próxima vez. Por mais que tenhamos pessoas circulando pela praia tentando prevenir problemas desse tipo, é necessário a colaboração das pessoas que se sentem molestadas. É preciso denunciar e apontar. Não há condicões de ajudar se não for feito dessa maneira, pois infelizmente há casais que vão à praia com a finalidade de realizar fantasias sexuais e exibicionistas. E isto estimula cafajestes do tipo que molestararm vocês. Não deixe passar em branco, na hora. Fazer a denúncia depois, por e-mail, não ajuda, só nos deixa frustrados.


 

Evento na praia do Abricó

 

Gostaria de dar meus parabéns aos organizadores do evento, assim como para todos os naturistas que fazem parte da assiciação carioca. Torço p/ que sejam criados mais espaços em relação ao naturismo, seguindo os ditames do código de ética e postura.
                               

Um forte abraço a todos.

 

Marcos Antonio Cruz

Rio de Janeiro- RJ

(enviada em 6/06/05)


 

Matéria na TV

Pedro e amigos do Abricó,

Parabéns pela bela matéria veiculada no Bom Dia Brasil, por ocasião do dia mundial do Naturismo.
Desejo muito sucesso a vocês no seu trabalho.

Celso Rossi

Porto Alegre - RS

(enviada em 6/06/06)
 


 

Amizades naturistas

 

Achei muito legal a iniciativa de fazerem um site. Pratico o naturismo a algum tempo, mas no entanto não tenho muitas amizades que tambem o façam. Vou ao Abricó sempre que dá e adoro praticar naturismo. Se tiverem novidades eu gostaria muito que entrassem em contato. Espero algum dia desenvolver vínculos de amizades com pessoas que gostem do naturismo.

 

Rafael Cardoso

22 anos

Belford Roxo - RJ

rafaelccorrea@globo.com

(enviada em 4/06/05)


 

Fazer amizade

 

Canuto Ferreira, 37 anos, morador de Conselheiro Pena, MG, deseja fazer amizades com naturistas.

 

canutoferren@bol.com.br
(enviada em 2/06/05)


 

Olá, pessoal

 

Gostaria de saber como faço para chegar aí. Posso levar amigos? Se tiver alguém que goste de naturismo, mas nunca foi, escreva pra mim. Valeu?

Um abraço!!!

 

Gustavo Vallegas

Nilópolis - RJ  
tavollegas@ig.com.br

(enviada em 25/05/05)

 

Para chegar na praia do Abricó, leia as explicações em perguntas, clicando no menu aí ao lado. Se houver alguma dúvida escreva novamente , OK?
É claro que poderá levar amigos. A única exigência é que tenham comportamento naturista, nada mais.
 


 

Qual é a dinâmica da praia

 

Bom dia! Acabei de conhecer a praia de Abricó pela internet... fiquei muito interessado e curioso para saber como é a dinâmica da praia.
 

Pelo que pude perceber, vocês são um grupo de amigos que frequentam e dividem um momento neste paraiso. Pareceu-me um lugar sério, ou seja, limpo e cuidado. Gostaria de saber qual é realmente o público frequentador da região... se tem jovens, moças e rapazes, gente bonita? Meu interesse não é apenas nas pessoas, mas é que quero levar um grupo de amigos para conhecer e essa é a maior dúvida deles.

 

Agradeço se puderem me esclarecer sobre estas questões e desde já me comprometo a visitar, quando puder, este pedaço de litoral onde os corpos são componentes integrantes de uma natureza viva.
 

Abraços,

 

Alphonsus dos Anjos

Belo Horizonte - MG

(enviado em 24/05/05)

 

Os frequentadores da praia do Abricó são pessoas comuns de idades variadas e perfis físicos e econômicos bastante distintos. É um grupo muito heterogêneo, mas que tem algo em comum: a prática do naturismo, que produz um eleo muito forte. A amizade surge espontaneamente pela convivência desinteressada. Lutamos para que a praia seja um local sério e de respeito e que as condições de higiene sejam observadas. Compareça à praia quando vier ao Rio para conehecer melhor o povo que a frequenta.  


Aproveitando a ocasião...

 

Olá.. me  chamo Paulo tenho 40 anos, moreno mulato ( carioca ). Quero parabenizá-lo por estas incríveis maravilhosas fotos e praia. Inclusive famílias que são adeptas. Entrei neste site e adorei, sinto uma enorme vontade de conhecer, aqui na minha casa eu só ando nu, pois adoro ser livre. Sinto-me muito bem.

 

Sou adepto ao naturismo apesar de que  nunca pratiquei. Desejo conhecer esta praia, tenho uma enorme admiraçao em estar numa praia nu, não suporto curiosos...

 

Para aproveitar... gostaria de conhecer alguma gata entre 19 e 39 anos para juntos curtirmos e queira me ensinar amar cada vez mais e quem sabe fazer, unir, construir uma familia adepta ao nudismo... escreva-me, por favor. Alguém que me leve nesta praia pela primeira vez é o que tanto desejo.

 

obrigado. Aguardo retorno....

 

Paulo Vidal

Niterói- RJ

Paulovidal2003@Hotmail.com
(enviada em 24/05/05)



 

Não gostamos do que vimos

 

Estivemos eu e minha mulher visitando o Rio, recentemente e como somos Naturistas desde 1989, resolvemos passar no Abricó. Ficamos muito chateados, pois a concentração de homens solteiros/desacompanhados foram de proporções enormes, E graças a Deus que não levei minha filha de 12 anos, que também é Naturista. Infelizmente, conforme um usuário assíduo, que também frequenta sozinho sem qualquer problema me disse que, no Rio, as coisas são assim mesmo. Não somos nenhum puritano, mas a prática do Naturismo, não é mais ou menos como vocês estão pregando. Gostaria somente de contestar, pois infelizmente ficará difícil um retorno a essa praia. No site, vemos adultos, principalmente homens e não famílias.

 

Adilson

Taubaté - SP

(enviado em 18/05/05)



 

Parabéns pela organização

 

Primeiramente gostaria de parabeniza-los pela organização. Estive nos dia 14 e 15 de maio de 2005 em Abricó, minha surpresa logo na recepção, quando o Hamilton me atendeu com maior paciência e atenção.

 

Infelizmente encontrei um conhecido que prefiro não falar nomes, que senti, logo no sábado (14/05), ser uma pessoa non grata no local, por confundir naturismo com sacanagem, fiquei meio sem jeito com tal situação, e novamente conversei com Hamilton que prontamente me tranquilizou e disse-me: Nós vemos as pessoas pelas suas atitudes, fique tranquilo que estou vendo que sua postura é outra (sem comentários, Hamilton deu de 10 ).

 

Só achei assim o pessoal da Associação um pouco distante, só quem já conhece sabe quem é.... falei com Hamilton sobre um e-mail que eu tinha enviado a um tempo atrás e também fui prontamente respondido... ele disse-me quem responde é o Pedro, ele está ali vou te apresentar, mas devido a tal situação ocorrida fiquei (eu ja estava por ser a 2 vez), sem jeito.. de qualquer forma adorei a atenção, em suma: QUERO ME ASSOCIAR !!! FORZA SEMPRE !!!!!!
 

ABRAÇOS !!!!!
 

André Tomassini

Rio de Janeiro- RJ

(enviado em 17/05/05)
 


 

Bom trabalho

 

Estive pela segunda vez na Praia do Abricó no domingo dia 16 Mai, desejo aqui ressaltar a maneira educada e gentil com que o Segurança Hamilton se dirigia às pessoas que ultrapassavam a faixa de advertência para a pratica do nudismo. Muito educado! Parabéns!

 

Cleto Paiva

Rio de Janeiro - RJ

(enviada em 17/05/05)


 

Procuro gata naturista


Quero ir à praia de Abricó mas estou à procura de uma gata que tenha de 18 aos 30 para ir lá. Quero experimentar a praia. Tenho maior vontade mas não quero ir sozinho. 

 

Marcos Paulo da Silva

Rio de Janeiro - RJ

mpsilva7@hotmail.com
(enviada em 15/05/05)


 

Famílias naturistas

 

Gosto muito do naturismo. Abricó parece ser um local bem interessante. Gostaria de entrar em contato com famílias que freqüentam a praia. Se possível mulheres para me tirarem algumas dúvidas. Obrigado pela atenção.

 

Cleia Slmi

Jaú - SP

cleiaslmi@hotmail.com

(enviada em 15/05/05)


 

Novo naturista peruano procura contatos

 

Hola,  soy de peru y recien me estoy  interesando por  el naturismo. Aca en mi pais no se practica nada de eso. Me gustaria tener contacto con ustedes y compatan sus bellas experiencias conmigo. Se que la naturaleza es tan hermosa y  el naturismo  es parte de expresar nuestra sexualidad de una manera mas habierta sin tabues.

 

Williams Gonzales

Lima - Peru

WILLPERU_NEW@HOTMAI.COM
(enviada em 11/05/05)


 

Como vocês fazem para namorar?

 

Só uma pergunta! 

Como que os naturistas namoram? Já fiquei várias vezes pelado com amigos e amigas e fica meio difícil de conter a ereção. Como que vocês fazem para namorar? 

 

José Hélder

Parnaíba - PI

(enviada em 10/05/05)

 

É simples. Não namoramos em público se não conseguimos segurar a onda. O respeito pregado pelo naturismo é em relação às demais pessoas. Afinal os homens teriam ereção diante de sua jovem filha, sua mãe ou avó? Pois são essas pessoas que freqüentam o naturismo. Pode ser que não seja exatamente a filha dele, ou a mãe ou a avó, mas elas o são de alguém. 

Mas se você fica em estado de ereção diante de seus amigos e amigas e nem estão namorando, nem querendo fazer sexo, você ainda não tem o espírito naturista. 

 

Abraços naturais.


 

 

 

Quero ir a uma praia naturista

 

Tenho muita vontade de ir a uma praia de nudismo, mas não sei onde fica e não conheço como funciona. Preciso de telefone de pessoas que freqüentam para conversar e tirar dúvidas pessoalmente, e conseguir lugar para dormir uma noite. Sou casado e minha esposa também quer ir.

Um abraço e a praia é linda.

 

Ednilson

Muriaé - MG

milhonario@ig.com.br

(enviada em 01/05/05)
 


Opções de praias em Pernambuco

 

Fiquei super feliz em visitar o site e saber que temos mais uma opção de praia Naturista no Brasil. Aproveito a oportunidade para responder a pergunta do Eduardo Nascimento a respeito de praias naturistas em Pernambuco.  

 

Em Pernambuco não existe praia Naturista, a praia mais próxima fica aproximadamente 120 KM de Recife, Tambaba, uma praia Linda que fica no Estado da Paraíba próxima a João Pessoa. Diferentemente dos problemas enfrentados por Abricó, Tambaba goza de apoio da prefeitura local, seja com proteção policial, seguranças e principalmente lei municipal. Para maiores informações, visite o site. www.tambaba.com.br

 

Fabio Barros

São Paulo - SP

(enviada em 30/04/05)


 

Sinto-me excluído

 

Sempre que passava temporadas no Rio, em meu apartamento na Barra, aproveitava para, num dia ou noutro, pegar meu carro para chegar até a praia de Grumari, onde dava sempre preferência ao lado esquerdo, que considerava uma das mais lindas praias do Brasil. Não consigo deixar de considerar uma injustiça o fato do governo do RJ ter concordado em atribuir aos naturistas o privilégio de tomar conta dessa praia. Não sei o que vocês fizeram para merecer esse privilégio...(?) Talvez venha a descobrir...Seja como for, acho extremamente injusto para com a maioria dos freqüentadores de praias, que não são naturistas, e que agora estão praticamente excluídos. 

 

Sds 

 

Paolo G. Stirnimann

São Paulo - SP

(enviada em 30/04/05)

 

Olá, Paolo. A praia do Abricó foi transformada em praia naturista em 1994 por uma Resolução da Secretaria Municipal de meio-ambiente. Mas não foi sem mais nem menos. Foi fruto de uma luta de mais de 5 anos anteriores, promovida pelas pessoas que, como você, freqüentavam a praia do Abricó mas lá faziam nudismo. Essas pessoas, inclusive eu, nos organizamos e corremos atrás de algo que julgamos ser nosso direito. Naquela época (entre 1988 e 1990) fazíamos regularmente nudismo ali, cerca de 20 pessoas, que nem sempre estavam todas juntas, e às vezes um ou outro novato. Não havia problemas nem com os freqüentadores vestidos nem com a polícia, embora fosse considerado contra-lei. 

 

Naquela época o local era quase deserto. A partir de 1991 mudou o comando da Polícia Militar e resolveu-se reprimir o nudismo do local. Eu fui preso algumas vezes e outras pessoas que freqüentavam o local nu também. No entanto já havia a praia do Pinho, legalmente constituída para o nudismo, em Santa Catarina. Daí surgiu a vontade de legalizar também no Rio. Corremos atrás. Muitas dores de cabeça, muito "chá de cadeira", muito preconceito e risinhos, muita consulta jurídica, mas conseguimos convencer a Prefeitura nos conceder essa graça. 

 

Em 30 de novembro de 1994 foi publicada a Resolução e na praia do Abricó já se poderia praticar o naturismo legalmente, sem ser preso. Houve protestos, polêmica, rádio e Tv, debates, de maneira geral o povo era favorável nas pesquisas promovidas por jornais e rádio. Porém um advogado não satisfeito entrou na justiça pedindo a proibição da prática e, por liminar, o nudismo ficou proibido de 8 de dezembro de 1994 a 20 de março de 2001, quando finalmente o caso foi julgado em primeira Instância e a Prefeitura e a Associação ganharam, agora pela Justiça, o direito de se praticar o nudismo. 

 

Não satisfeito, o mesmo advogado entrou com recurso no Tribunal de Justiça do RJ, e em 30 de maio de 2001 conseguiu uma outra liminar que proibiu a prática do nudismo na praia do Abricó. No dia 30 de setembro de 2003, o mesmo Tribunal de Justiça cassa a liminar, julga o caso e diz que o naturismo deve ser praticado na praia do Abricó. O insensível advogado entrou com mais um recurso, desta vez no Superior Tribunal de Justiça. Só que desta vez ela não lhe concedeu uma liminar e a praia continuou sendo naturista ininterruptamente. No dia 10 abril de 2005, o STJ declarou que a praia é naturista e que deve ser freqüentada por pessoas naturistas, respeitando a Constituição que determina que os grupos minoritários têm que ter seus direitos assegurados. Portanto, não foi uma Injustiça, ao contrário. 

 

Na praia do Abricó os naturistas são maioria. Digo até que quase a totalidade nos finais de semana. Ser naturista vai muito além de apenas estar nu. Existe toda uma série de regras respeitosas ao meio-ambiente e à natureza. Nem todo mundo que freqüenta a praia do Abricó é naturista. Porém ninguém é impedido de entrar na praia, desde que respeitem as regras. As regras são estabelecidas de comum acordo com a Prefeitura e não são diferentes das regras que existem para qualquer lugar público e qualquer praia. A diferença é que no Abricó há pessoas que zelam pelo cumprimento delas. Isto deveria ser feito em qualquer lugar. É cidadania. 

 

Afinal o que o impede de freqüentar o Abricó ? Por que não pode continuar desfrutando de uma das praias mais lindas do Brasil, na sua opinião? Se o senhor não se sente bem com a nudez, realmente uma praia de nudismo não é o local para freqüentar. Da mesma forma que um nudista não se sentiria à vontade freqüentando outra praia, acredito até que o nudista não deva mesmo freqüentar outra praia, a não ser o Abricó, pois corre risco de causar tumulto, protestos e até de ser preso. Acho realmente injusto os nudistas não poderem freqüentar qualquer praia e serem obrigados a ficarem restritos em poucos 200 metros de areia, em vez de de ter o privilégio, como os vestidos, de desfrutar de mais de 40 km de praia só no município do Rio de Janeiro. Afinal o que lhe incomoda ?

 


 

Satisfeito com resultados

 

olá naturistas ! quero informar que estou muito feliz pelo alto índice de contatos feitos depois que coloquei aqui um anúncio pedindo contatos com naturistas do RJ, e de todo o Brasil que freqüenta a praia de abricó. Deixo aqui meu msn ( e-mail ) para um contato mais próximo com todos vocês naturistas. Moro em Recife e pretendo ir no RJ conhecer essa bela praia. E-mail : albertoleonardofeitoza@hotmail.com

 

Alberto Feitoza

albertoleonardofeitoza@hotmail.com

Recife- PE

(enviada em 23/04/05)


 

Artista no Abricó

 

Me falaram que o ator Henri Castelli passou aí na Praia do Abricó, gostaria de saber se é verdade, se tiver foto gostaria q enviasse... Grato

 

Willian Oliveira Alves

São Paulo - SP

(enviada em 23/04/05)

 

Olá, Willian. O Naturismo é baseado no respeito e na discrição. Não podemos informar se alguém, famoso ou anônimo, esteve ou não na praia do Abricó, a não ser que a pessoa queira. Muito menos divulgamos fotografias não autorizadas.


 

Sou louco para participar

 

Quero participar dos encontros. Sou  louco por naturismo mas não participei ainda. Sou casado e quero conhecer naturistas.

 

Ednilson Souza Silva

milhonario@ig.com.br
Muriaé - MG

(enviada em 23/04/05)


 

Naturismo em Pernambuco

 

Gostaria que vc me enviasse quais praias de Pernambuco onde se pratica o naturismo, com todos detalhes de endereço, como chegar enfim, tô esperando sua resposta, oK? Obrigado!

 

Eduardo Nascimento

kdunascimento@hotmail.com 

Cabo de Santo Agostinho - PE

(enviada em 23/04/05)

 

Se alguém puder dar essas informações ao Eduardo que se habilite. Aproveita e envie as mensagens também para nós.


 

Procuro companhia feminina

 

Sou Naturista estou à procura de uma mulher que queira experimentar a praia de Abricó, eu tenho 1,92m 83 quilos moreno claro, me chamo Marcos Paulo, estou ansioso em ir em Abricó, gatas e mulheres que quiserem ir comigo mande-me um e-mail,  mpsilva7@hotmail.com  sou solteiro. 

Beijos, pras Gatas,

 

Marcos Paulo 

Rio de Janeiro - RJ

mpsilva7@hotmail.com

(enviada em 21/04/05)


 

Falta de placas e segurança

 

Conhecemos hoje 17/04/05 a praia do Abricó e achamos a praia linda, pena que já não existam as placas com as normas de conduta e com a orientação sobre a divisão da praia. Muita gente de roupa por toda parte, não ficamos à vontade por este motivo. Não vimos nenhum policial, segurança também é fundamental.

 

Maurício

Rio de Janeiro- RJ

(enviada em 17/04/05)

 

Resposta: Olá, Maurício. Você constatou as dificuldades que a Associação naturista de Abricó enfrenta para tentar manter a praia  organizada e civilizada. Apesar de inúmeros ofícios pedindo a presença da polícia militar, ou ao menos da guarda municipal, nunca fomos atendidos. A alegação é sempre a mesma: não há contingente suficiente para atender o pedido. Às vezes há patrulhamento. 

 

As placas são outro capítulo à parte. Depois de quase um ano exigindo a colocação das placas oficiais da prefeitura, conseguimos a realização do pedido em outubro do ano passado. Foram colocadas apenas sobre a areia, e não fixadas nas pedras como foi pedido e o bom senso recomendava. Na primeira ressaca do mar uma das placas foi levada e numa outra, há cerca de dois meses, a segunda placa também foi "levada por Iemanjá". Desde então recomeçou a novela exigindo a recolocação de placas sinalizadoras. Mas, como tudo que é oficial, depende de uma série de trâmites burocráticos. 

 

A associação coloca placas móveis quando está presente na praia. Neste domingo específico devido ao grande temporal que ocorreu na zona sul pela manhã, não acreditei que o tempo fosse melhorar e não fui, tampouco foram os seguranças, pelo mesmo motivo. Peço desculpas por esta falha. Voltem mais uma vez à praia, mas em um dia em que realmente o tempo esteja firme. Abraços naturais. 


 

Vendedores desagradáveis

 

Estive na praia do Abrico, no começo de fevereiro, antes do carnaval e durante a semana. O local estava cheio de vendedores que chegavam com suas mercadorias e colocavam-se ao lado dos banhistas, muito desagradável, pois eles permaneciam vestidos. Havia mais vendedores que naturistas, muito decepcionado, eu e minha esposa nos retiramos para o lado vestido, e logo a seguir, outras pessoas fizeram o mesmo. 

Abaixo os vendedores voyeurs

 

Karlos V

Rio e Janeiro -RJ

(enviada em 04/04/05)


Primeira vez

 

Olá, hoje pela primeira vez estive na praia de Abricó com meu namorado que já é naturista a algum tempo. Pra mim tudo muito novo, mas estou adorando. Hoje em Abricó percebi o quanto é natural ficarmos todos nus. Senti falta de maior entrosamento entre as pessoas, éramos só eu e ele e ninguém conversou com a gente. 

Adoraria conhecer pessoas, fazermos amizade. Pretendo freqüentar mais vezes. Obrigada pela oportunidade de conhecer um lugar tão maravilhoso. Tão natural. 

 

Deixo endereço de e-mail para realizar contato e fazer amizades. 

Beijos a todos. 

 

Miriam & Pedro

Rio de Janeiro - RJ 

miriam1967@ig.com.br

(enviada em 02/04/05)


 

Naturista de Portugal

 

Oi, galera! 

Sou o Luis, Nudista e moro em Portugal e gostaria de manter contacto convosco. 

Um abraço forte e amigo. 

 

Luis Faria

nudistaradical@yahoo.com.br
(enviada em 31/03/05)


 

Conhecer mulheres do naturismo

 

Gostaria de conhecer mulheres do naturismo para contatos e perguntas com todo respeito, para me explicar sobre o naturismo.

 

Manoel T. Araujo Filho

São Paulo - SP

tenorio.manoel@ig.com.br
(enviada em 29/03/05)


Conhecer gatas

 

Gostaria de conhecer alguma gata dos 20 aos 30 que se interesse em ir a Abricó comigo, tenho 1,92m, 83 quilos moreno claro e estou sem companhia atualmente. Meu E-mail: mpsilva7@hotmail.com

Beijos,
Marcos Paulo

Rio de Janeiro - RJ

(enviada em 27/03/05)


 

 

Louco por nós

 

Olá, é um grande prazer poder corresponder com vocês, pois adoraria fazer parte deste grupo maravilhoso que é o naturismo e no mais estou louco pra conhecer a praia de Abricó. No mais um abraço a todos  que contribuem pelo crescimento do naturismo no Brasil..... um grande abraço a todos vocês........

 

Victor Hugo Nascimento

Belo Horizonte- MG

(enviada em 13/03/05)


Parabéns pela vitória

 

Sou naturista e pretendo visitar a Praia do Abricó. Parabéns pelo site e pela beleza da praia. Parabenizo também a administração do site pela vitória perante o Superior Tribunal de Justiça, garantindo o espaço para a prática do naturismo. Atenciosamente, 

 

Alaor Reis

Curitiba- PR

(enviada em 13/03/05)


Apaixonado pelo naturismo

 

Sou um apaixonado por naturismo, apesar de somente praticá-lo dentro de minha residência (apartamento), mas acompanho todos os eventos através do jornal Olho Nu e do site Pelados, tendo através do site pelados adquirido alguns filmes em DVD e VHS. 

 

Quero conhecer a praia de Abricó e também o Recanto Paraíso, apesar de no momento não ter condução própria, tornando-se assim mais difícil a locomoção até a um desses lugares, mas mesmo através da Internet curto muito o naturismo, e considero a prática mais salutar existente no planeta terra e espero conhecer todos vocês meus amigos o mais rápido possível, eu e minha esposa. 

 

Um grande abraço a todos com muita, mais muita energia positiva.

 

Eduardo Augusto Schmitt

Petrópolis- RJ

(enviada em 14/03/05)


Caso de ereção

 

Olá, me chamo Gustavo. Há tempo eu e minha esposa desejamos freqüentar uma praia de naturismo. Estamos para marcar um visita a praia de abricó. Estava lendo e tirei muitas dúvidas em relação a normas de comportamento e acredito que só dessa maneira as pessoas podem romper com essa barreira imposta por nossa cultura em relação ao corpo humano. Mas mesmo de acordo com as regras e ciente da filosofia que é o naturismo, tenho uma dúvida em relação a ereção, por ainda estar preso a manifestações desrespeitosas criado em minha atual cultura gostaria de saber qual é a norma para isso?

 

Gustavo Nascimento

Rio de Janeiro- RJ

(enviada em 13/03/05)

 

Resposta: Oi, Gustavo. Fico feliz por você estar descobrindo o naturismo e querer maiores informações. O Naturismo tem como objetivo principal a aceitação do corpo humano de forma respeitosa e integral, não sendo visto apenas como forma erótica e de prazer. 

 

A ereção, que também é uma manifestação natural do corpo humano masculino, revela momentaneamente algum tipo de interesse erótico, que não é bem visto nas áreas públicas naturistas, ou seja no convívio social. Se houver a ereção, o homem deve sentar-se e esperar se acalmar, e não ficar se exibindo. Recomenda-se que depois de ter se acalmado que entre na água fria para distrair a mente. A persistência na ereção ou a descoberta que ela foi provocada por manipulação das partes genitais pode levar a pessoa à expulsão do local.


Nós vamos invadir sua praia !

 

PARABÉNS, TURMA DA ANA. ESTAMOS FELIZES POR VOCÊS. FINALMENTE, TODA NUDEZ NUNCA MAIS SERÁ CASTIGADA NA PRAIA DE ABRICÓ. AGORA VOCÊS PODEM GRITAR: A ABRICÓ É NOSSA! GANHAM VOCÊS, GANHA O NATURISMO BRASILEIRO E GANHAMOS NÓS. BEIJOS. 

 

MARIA LUZIA

Vitória- ES

(enviada em 11/03/05)


Parabéns pela vitória

 

Parabéns a todos que contribuíram nesta luta da liberação da praia de Abricó. Somos aqui do Sul, (Paraná), e sabemos que uma vitória dessas tem repercussão geral para o bem do Naturismo em todo o Brasil. A caminhada é lenta, mas é de degrau em degrau que conseguiremos o nosso direito de sermos livres e felizes. 

 

Mário Ramos 

Membro do NatParaná

(enviada em 11/03/05)


Obrigado pela acolhida

 

Pedro, 

Gostaria de agradecer a acolhida e atenção que tive de sua parte, quando compareci na Praia de Abricó no dia 23.01.05, para conhecê-la pessoalmente. Saliento que me senti muito à vontade, e, com certeza, voltarei muitas outras vezes. 

 

Um abraço, 

Nilton Campos

Rio de Janeiro - RJ

(envaida em 23/02/05)


por quê nos dias de semana é diferente?

 

Gostaria de parabenizar a iniciativa dos organizadores e incentivadores da praia. Na ultima sexta feira tive a oportunidade de conhecer a praia, achei super interessante, mas gostaria de dar uma opinião se possível.  Muitos banhistas entrarem no local  vestidos, inibe realmente quem gostaria de se despir, e praticar o naturalismo. Em muitas praias onde é praticado o naturalismo, existe uma restrição, somente entra realmente nu. Pergunto a vocês, existe alguma idéia nesse sentido na praia do Abricó, o que falta?

 

João Vieira

Rio de janeiro- RJ

(enviada em 23/02/05)

 

Resposta:  A Associação Naturista de Abricó (ANA) só está presente na praia nos sábados, domingos e feriados. Nestes dias a praia conta com seguranças pagos e divisão de áreas, onde somente pessoas nuas podem circular. Nos demais dias de  semana usar roupas é opcional.

 

O que falta para que ela fique sempre como nos finais de semana é apoio da Prefeitura, que deveria manter guardas municipais diariamente na praia e da polícia militar também.

 

Nós da ANA trabalhamos em nossos empregos e não há como estar disponíveis para a praia também nos dias de semana.

 

Obrigado pelo interesse e retorne em um dia em que nós estivermos na praia.


Manter contatos

 

galera do RJ, gostaria muito de manter contatos com outros naturistas, sou de Recife - PE, e nas próximas férias estarei no RJ para conhecer a praia de Abricó, gostaria desde já manter contato por e-mail e fazer novos amigos. Aguardo o contato de todos, não só do RJ, como do Brasil inteiro ... 

 

Alberto Feitoza

24 anos

Recife - PE

albertoleonardofeitoza@hotmail.com

(enviada em 20/02/05)


Não consigo convencer minha esposa

 

Caro Pedro,
       Freqüento a praia de Abricó há alguns anos, porém não assiduamente (inclusive já até falei c/ você e o Marco Antônio algumas vezes), pois apesar de eu ser adepto ao nudismo e simpático a filosofia naturista, minha esposa não aceita e nem concorda que eu freqüente.
 Porém, eu continuo a ir sempre que me surge à oportunidade (nem que seja 01 vez por mês), já que eu sei que não estou fazendo nada de errado, mas para evitar atritos prefiro freqüentar sem ter que dizer a ela, já que ela acha que ficar nu à beira mar com pessoas que tem a mesma filosofia de vida, seje muito constrangedor.


 Uma pena!!! Pois se ela soubesse como o ambiente entre as pessoas na praia é agradável e respeitoso e que estas mesmas pessoas não estão preocupadas em reparar corpos alheios e sim se tornar mais integrado a todo aquele cenário paradisíaco, permitindo ser mais do que natural a não utilização de roupas naquele paraíso.


 Só quem freqüenta aquela praia "despido de todo falso-moralismo" que a sociedade nos impõe,sabe do que eu estou falando.


 Falando nisso, por que em Abricó a praia ainda não é exclusiva para a prática do nudismo (como é em algumas outras praias  onde é proibido a entrada de qualquer outro que não esteja disposto a despir-se),tendo que dividir a praia em áreas que muitas das vezes só contribui para o aumento do número de curiosos próximo a área de adaptação? Ou que durante a semana temos que dividir a areia com os não praticantes, que por algumas vezes, estarem em maioria nos dá a sensação de que nós nudistas é que estamos em local impróprio para tal prática.


Aproveito também para deixar minhas congratulações a você e a todos da associação pelo sério trabalho de conscientização, entretenimento, segurança e informação sobre este universo naturista do qual eu tanto simpatizo.


Um abraço,
Alexandre Magno

Rio de Janeiro -RJ

(enviada em 20/02/05)

 

Resposta: Por enquanto não é possível fazer com que toda a praia fique exclusivamente naturista por complicações judiciais. Já há um projeto de lei na Câmara de Vereadores pedindo essa obrigatoriedade. Se virar lei a prefeitura será obrigada a destacar guardas municipais para fazerem o policiamento da praia, inclusive nos dias de semana. Mas temos que ter paciência e aguardar. Afinal a luta pela naturismo no Abricó já dura 15 anos. Porque não esperar um pouco mais? Muito obrigado por ter escrito.


Manter contato com Lucas & Bia

 

Estivemos lendo a mensagem de Lucas e Bia, naturistas novatos. Também somos de Niterói e alguns anos "militando" no naturismo, se quiserem manter contato é só escreverem.
Fê & Fê.

 

Fernando César Ferreira 

Niterói - RJ

manzoliferreira@ig.com.br
(enviada em 17/02/05)


Condomínio naturista em Abricó

 

Caros,
estive há alguns anos na praia do Pinho e passei alguns dias na pousada da associação.
Agora morando no Rio, li a matéria sobre a Colina do Sol e me deu uma coceira danada: vocês já pensaram em tentar fazer algo como um condomínio naturista aqui no Rio?
Juntar um grupo pra comprar um pedaço de terra (talvez próximo de Grumari) e começar a sonhar?

 

Theo Amado

Rio de Janeiro- RJ

amado@relp.net
(enviada em 16/02/05)


Voltamos mais uma vez

 

Somos nós mais uma vez:
Retornamos e mais uma vez fomos bem recebido, desta vez mais descontraídos.
Foi tudo muito bom, muito gostoso , mas percebemos algo que poderia ser mais organizado.
O primeiro espaço de curiosos poderia ser extinto se a fita zebrada  fosse colocada junto a passagem entre as pedras.
Ficam no inicio da praia um monte de curiosos que  não tem coragem de tomar atitudes como a nossa.
Acho que se levarmos a fita zebrada para junto a pedra  teríamos mais espaço para nós naturistas e ao mesmo tempo excluiríamos aquele monte de bobo que fica ali apenas manjando sei lá o que.( Bobos).
Acho que desta forma resolveremos dois  problemas de espaço  e liberdade aos verdadeiros  naturistas e também com a exclusão dos ditos curiosos.

    Forte abraços mais uma vez a todos vocês da administração ANA.

 

Lucas & Bia
Niterói - RJ

(enviada em 15/02/05)


 

Não discriminação

 

Olá! Fiquei feliz em saber, pelo site, que vocês não discriminam pessoas desacompanhadas na Praia do Abricó!
Há muito tempo que curto o naturismo, me identificando perfeitamente com a filosofia, mas já estava desanimando, pois fui discriminado em algumas praias por estar sozinho. Recentemente isso aconteceu em Massarandupió, na Bahia. Acho desnecessário isso, desde que o código de ética seja cumprido.

Ainda não conheço Abricó, mas pretendo fazê-lo muito em breve!
Grande abraço e parabéns pela organização.

 

Aclélio Rocha de Camargo Jr

Curitiba - PR

(enviada em 12/02/05)


 

Quiero ser un naturista

 

Hola, solo quiero decirles que yo quiero ser un naturista por que me llama la atencion estar en copntacto con gente asi y la naturaleza.

 

Julio Daniel Ituarte Chavez
quintanaroo - México

(enviado em 03/02/05)


Chateado com atitudes na praia do Abricó

No último dia 26 de Dezembro de 2004 estive em Abricó. Há muito tempo não ia. Depois de algum tempo curtido a praia fui chamado atenção por um segurança que me acusou de estar fazendo gestos obscenos tocando as partes genitais. Disse a ele que estava com fungos e que involuntariamente me coçava. Ele sugeriu que eu passasse algum produto.    

Tudo esclarecido continuei na praia, participei do aniversário da Bia... deixei minhas roupas perto dela. Algum tempo depois o mesmo segurança me abordou novamente dizendo que um casal que estava próximo estava incomodado e constrangido com a minha presença.    

O segurança me instou a sair de perto deles e dar uma volta num tom ameaçador. E disse que eu não era naturalista, que estava ali há mais de quatro horas se quase falar com ninguém.   

Trabalho quase sempre aos sábados e domingos por isso não tenho muito tempo de ir à praia o me divertir nos fins de semana. Já fui várias vezes a abricó e nunca pensei que alguém fosse se sentir incomodado ou constrangido com a proximidade de um pessoa numa praia naturista. Cheguei a pensar em dizer a ele que me sentia muito à vontade ali e quem estava incomodado que se mudasse ou mudasse de postura.  

Pensei ainda em conversar com o casal... mas achei que não  valia a pena. Fui embora e disso ao segurança que dificilmente voltaria ali.     

Gosto de freqüentar Abricó porque ali me sinto a vontade.

Embora tenha que enfrentar cerca de quatro horas de ônibus ida e volta (749- Cascadura-Recreio) e subir morro descer morro a pé do Pontal até Grumari.    

De Acari onde moro são 45 minutos de Metro até Copacabana. Mas prefiro Abricó e dia 26 de Dezembro fui especialmente lá porque acreditava ser o único lugar onde eu poderia passar o dia a vontade. Passei um Natal difícil, descobri que estou com problemas na próstata. alem de sofrer outros problemas de família e de trabalho.

Abricó seria o único lugar que imaginei podia ficar sozinho se ficar solitário, o único lugar público da cidade onde as pessoas respeitariam o direito de outra a ficar calada, dialogando com suas próprias pensamentos. Um lugar onde uma pessoa pode ficar nua  fisicamente tranqüilamente diante de outras pessoas nuas e mais que isso poder desnudar-se espiritualmente consigo mesmo e até mesmo espiritualmente diante de outras pessoas também dispostas, se preciso, desnudar-se espiritualmente diante de outra. Talvez ainda volte neste Verão a Abricó. Talvez não volte. Talvez eu volte acreditar que Abricó ainda seja um bom lugar pra ficar num fisicamente mas principalmente ficar nu espiritualmente diante de pessoas que acreditem nisso também.

 

DELEY DE ACARI

Rio de Janeiro - RJ

(enviada em 3/02/05)


 

Quero conhecer naturistas do Rio

 

Boa Noite..
Por favor gostaria de saber como entrar em contato com outros naturistas aqui do Rio pois quero me iniciar no naturismo, mas não conheço ninguém será que vocês podem me ajudar?? Um Bate-papo ou  por e-mail ? Desde já agradeço.

Marcos Paulo

mpsilva7@hotmail.com
Rio de Janeiro

(enviada em 3/02/05)


Quero ser naturista

 

Faz muito tempo que venho pensando em praticar o Naturismo. Quando a praia de Abricó foi declarada oficialmente para esta prática fiquei muito feliz. Infelizmente a hipocrisia ainda existe em alguns meios, que teimam em misturar nudismo com libertinagem. Nada a ver. Em breve pretendo me tornar associado da ANA ok.
Minha esposa ainda tem um pouco de vergonha e diz que no início só ficaria de topless, mas acredito que depois que ela apreciar as demais pessoas, inclusive famílias, que freqüentam o local, passe a vestir a camisa do naturismo.
Aproveito a oportunidade (não sei se já existe) para dar uma sugestão a vocês, no sentido de armarem uma barraca da ANA, a fim de facilitar aos visitantes o contato com membros da direção desta entidade.
Grato e até breve.

 

Humberto G. Fittipaldi filho

Rio de Janeiro- RJ

(enviada em 31/01/05)

 


Sócia, mas em Minas

 

Ei, direção,
Meu maior sonho é poder viver assim, como vim ao mundo. Sou louca para conhecer uma Praia de Nudismo. Como faço para poder fazer parte dessa associação tão boa.

 

Michelle Cristine dos Santos Pereira

Contagem - MG

(enviada em 29/01/05)

 

Resposta: Olá, Michelle. Para fazer parte da ANA você precisa freqüentar a praia do Abricó
no Rio de Janeiro. Por que você não procura a NAT MG ? Eles fazem encontros na região metropolitana de Belo Horizonte. Entre no site deles: http://www.natmg.org.br/

Abraços naturais


 

Nós vamos invadir sua praia !

 

PARABÉNS, TURMA DA ANA. ESTAMOS FELIZES POR VOCÊS. FINALMENTE, TODA NUDEZ NUNCA MAIS SERÁ CASTIGADA NA PRAIA DE ABRICÓ. AGORA VOCÊS PODEM GRITAR: A ABRICÓ É NOSSA! GANHAM VOCÊS, GANHA O NATURISMO BRASILEIRO E GANHAMOS NÓS. BEIJOS. 

 

MARIA LUZIA

Vitória- ES

(enviada em 11/03/05)


Parabéns pela vitória

 

Parabéns a todos que contribuíram nesta luta da liberação da praia de Abricó. Somos aqui do Sul, (Paraná), e sabemos que uma vitória dessas tem repercussão geral para o bem do Naturismo em todo o Brasil. A caminhada é lenta, mas é de degrau em degrau que conseguiremos o nosso direito de sermos livres e felizes. 

 

Mário Ramos 

Membro do NatParaná

(enviada em 11/03/05)


 

Obrigado pela acolhida

 

Pedro, 

Gostaria de agradecer a acolhida e atenção que tive de sua parte, quando compareci na Praia de Abricó no dia 23.01.05, para conhecê-la pessoalmente. Saliento que me senti muito à vontade, e, com certeza, voltarei muitas outras vezes. 

 

Um abraço, 

Nilton Campos

Rio de Janeiro - RJ

(enviada em 23/02/05)


por quê nos dias de semana é diferente?

 

Gostaria de parabenizar a iniciativa dos organizadores e incentivadores da praia. Na ultima sexta feira tive a oportunidade de conhecer a praia, achei super interessante, mas gostaria de dar uma opinião se possível.  Muitos banhistas entrarem no local  vestidos, inibe realmente quem gostaria de se despir, e praticar o naturalismo. Em muitas praias onde é praticado o naturalismo, existe uma restrição, somente entra realmente nu. Pergunto a vocês, existe alguma idéia nesse sentido na praia do Abricó, o que falta?

 

João Vieira

Rio de janeiro- RJ

(enviada em 23/02/05)

 

Resposta:  A Associação Naturista de Abricó (ANA) só está presente na praia nos sábados, domingos e feriados. Nestes dias a praia conta com seguranças pagos e divisão de áreas, onde somente pessoas nuas podem circular. Nos demais dias de  semana usar roupas é opcional.

 

O que falta para que ela fique sempre como nos finais de semana é apoio da Prefeitura, que deveria manter guardas municipais diariamente na praia e da polícia militar também.

 

Nós da ANA trabalhamos em nossos empregos e não há como estar disponíveis para a praia também nos dias de semana.

 

Obrigado pelo interesse e retorne em um dia em que nós estivermos na praia.


Manter contatos

 

galera do RJ, gostaria muito de manter contatos com outros naturistas, sou de Recife - PE, e nas próximas férias estarei no RJ para conhecer a praia de Abricó, gostaria desde já manter contato por e-mail e fazer novos amigos. Aguardo o contato de todos, não só do RJ, como do Brasil inteiro ... 

 

Alberto Feitoza

24 anos

Recife - PE

albertoleonardofeitoza@hotmail.com

(enviada em 20/02/05)


Não consigo convencer minha esposa

 

Caro Pedro,
       Freqüento a praia de Abricó há alguns anos, porém não assiduamente (inclusive já até falei c/ você e o Marco Antônio algumas vezes), pois apesar de eu ser adepto ao nudismo e simpático a filosofia naturista, minha esposa não aceita e nem concorda que eu freqüente.
 Porém, eu continuo a ir sempre que me surge à oportunidade (nem que seja 01 vez por mês), já que eu sei que não estou fazendo nada de errado, mas para evitar atritos prefiro freqüentar sem ter que dizer a ela, já que ela acha que ficar nu à beira mar com pessoas que tem a mesma filosofia de vida, seje muito constrangedor.


 Uma pena!!! Pois se ela soubesse como o ambiente entre as pessoas na praia é agradável e respeitoso e que estas mesmas pessoas não estão preocupadas em reparar corpos alheios e sim se tornar mais integrado a todo aquele cenário paradisíaco, permitindo ser mais do que natural a não utilização de roupas naquele paraíso.


 Só quem freqüenta aquela praia "despido de todo falso-moralismo" que a sociedade nos impõe,sabe do que eu estou falando.


 Falando nisso, por que em Abricó a praia ainda não é exclusiva para a prática do nudismo (como é em algumas outras praias  onde é proibido a entrada de qualquer outro que não esteja disposto a despir-se),tendo que dividir a praia em áreas que muitas das vezes só contribui para o aumento do número de curiosos próximo a área de adaptação? Ou que durante a semana temos que dividir a areia com os não praticantes, que por algumas vezes, estarem em maioria nos dá a sensação de que nós nudistas é que estamos em local impróprio para tal prática.


Aproveito também para deixar minhas congratulações a você e a todos da associação pelo sério trabalho de conscientização, entretenimento, segurança e informação sobre este universo naturista do qual eu tanto simpatizo.


Um abraço,
Alexandre Magno

Rio de Janeiro -RJ

(enviada em 20/02/05)

 

Resposta: Por enquanto não é possível fazer com que toda a praia fique exclusivamente naturista por complicações judiciais. Já há um projeto de lei na Câmara de Vereadores pedindo essa obrigatoriedade. Se virar lei a prefeitura será obrigada a destacar guardas municipais para fazerem o policiamento da praia, inclusive nos dias de semana. Mas temos que ter paciência e aguardar. Afinal a luta pela naturismo no Abricó já dura 15 anos. Porque não esperar um pouco mais? Muito obrigado por ter escrito.


 

Manter contato com Lucas & Bia

 

Estivemos lendo a mensagem de Lucas e Bia, naturistas novatos. Também somos de Niterói e alguns anos "militando" no naturismo, se quiserem manter contato é só escreverem.
Fê & Fê.

 

Fernando César Ferreira 

Niterói - RJ

manzoliferreira@ig.com.br
(enviada em 17/02/05)


Condomínio naturista em Abricó

 

Caros,
estive há alguns anos na praia do Pinho e passei alguns dias na pousada da associação.
Agora morando no Rio, li a matéria sobre a Colina do Sol e me deu uma coceira danada: vocês já pensaram em tentar fazer algo como um condomínio naturista aqui no Rio?
Juntar um grupo pra comprar um pedaço de terra (talvez próximo de Grumari) e começar a sonhar?

 

Theo Amado

Rio de Janeiro- RJ

amado@relp.net
(enviada em 16/02/05)


Voltamos mais uma vez

 

Somos nós mais uma vez:
Retornamos e mais uma vez fomos bem recebido, desta vez mais descontraídos.
Foi tudo muito bom, muito gostoso , mas percebemos algo que poderia ser mais organizado.
O primeiro espaço de curiosos poderia ser extinto se a fita zebrada  fosse colocada junto a passagem entre as pedras.
Ficam no inicio da praia um monte de curiosos que  não tem coragem de tomar atitudes como a nossa.
Acho que se levarmos a fita zebrada para junto a pedra  teríamos mais espaço para nós naturistas e ao mesmo tempo excluiríamos aquele monte de bobo que fica ali apenas manjando sei lá o que.( Bobos).
Acho que desta forma resolveremos dois  problemas de espaço  e liberdade aos verdadeiros  naturistas e também com a exclusão dos ditos curiosos.

    Forte abraços mais uma vez a todos vocês da administração ANA.

 

Lucas & Bia
Niterói - RJ

(enviada em 15/02/05)


 

Não discriminação

 

Olá! Fiquei feliz em saber, pelo site, que vocês não discriminam pessoas desacompanhadas na Praia do Abricó!
Há muito tempo que curto o naturismo, me identificando perfeitamente com a filosofia, mas já estava desanimando, pois fui discriminado em algumas praias por estar sozinho. Recentemente isso aconteceu em Massarandupió, na Bahia. Acho desnecessário isso, desde que o código de ética seja cumprido.

Ainda não conheço Abricó, mas pretendo fazê-lo muito em breve!
Grande abraço e parabéns pela organização.

 

Aclélio Rocha de Camargo Jr

Curitiba - PR

(enviada em 12/02/05)


 

Quiero ser un naturista

 

Hola, solo quiero decirles que yo quiero ser un naturista por que me llama la atencion estar en copntacto con gente asi y la naturaleza.

 

Julio Daniel Ituarte Chavez
quintanaroo - México

(enviado em 03/02/05)


Chateado com atitudes na praia do Abricó

No último dia 26 de Dezembro de 2004 estive em Abricó. Há muito tempo não ia. Depois de algum tempo curtido a praia fui chamado atenção por um segurança que me acusou de estar fazendo gestos obscenos tocando as partes genitais. Disse a ele que estava com fungos e que involuntariamente me coçava. Ele sugeriu que eu passasse algum produto.    

Tudo esclarecido continuei na praia, participei do aniversário da Bia... deixei minhas roupas perto dela. Algum tempo depois o mesmo segurança me abordou novamente dizendo que um casal que estava próximo estava incomodado e constrangido com a minha presença.    

O segurança me instou a sair de perto deles e dar uma volta num tom ameaçador. E disse que eu não era naturalista, que estava ali há mais de quatro horas se quase falar com ninguém.   

Trabalho quase sempre aos sábados e domingos por isso não tenho muito tempo de ir à praia o me divertir nos fins de semana. Já fui várias vezes a abricó e nunca pensei que alguém fosse se sentir incomodado ou constrangido com a proximidade de um pessoa numa praia naturista. Cheguei a pensar em dizer a ele que me sentia muito à vontade ali e quem estava incomodado que se mudasse ou mudasse de postura.  

Pensei ainda em conversar com o casal... mas achei que não  valia a pena. Fui embora e disso ao segurança que dificilmente voltaria ali.     

Gosto de freqüentar Abricó porque ali me sinto a vontade.

Embora tenha que enfrentar cerca de quatro horas de ônibus ida e volta (749- Cascadura-Recreio) e subir morro descer morro a pé do Pontal até Grumari.    

De Acari onde moro são 45 minutos de Metro até Copacabana. Mas prefiro Abricó e dia 26 de Dezembro fui especialmente lá porque acreditava ser o único lugar onde eu poderia passar o dia a vontade. Passei um Natal difícil, descobri que estou com problemas na próstata. alem de sofrer outros problemas de família e de trabalho.

Abricó seria o único lugar que imaginei podia ficar sozinho se ficar solitário, o único lugar público da cidade onde as pessoas respeitariam o direito de outra a ficar calada, dialogando com suas próprias pensamentos. Um lugar onde uma pessoa pode ficar nua  fisicamente tranqüilamente diante de outras pessoas nuas e mais que isso poder desnudar-se espiritualmente consigo mesmo e até mesmo espiritualmente diante de outras pessoas também dispostas, se preciso, desnudar-se espiritualmente diante de outra. Talvez ainda volte neste Verão a Abricó. Talvez não volte. Talvez eu volte acreditar que Abricó ainda seja um bom lugar pra ficar num fisicamente mas principalmente ficar nu espiritualmente diante de pessoas que acreditem nisso também.

 

DELEY DE ACARI

Rio de Janeiro - RJ

(enviada em 3/02/05)


 

Quero conhecer naturistas do Rio

 

Boa Noite..
Por favor gostaria de saber como entrar em contato com outros naturistas aqui do Rio pois quero me iniciar no naturismo, mas não conheço ninguém será que vocês podem me ajudar?? Um Bate-papo ou  por e-mail ? Desde já agradeço.

Marcos Paulo

mpsilva7@hotmail.com
Rio de Janeiro

(enviada em 3/02/05)


Quero ser naturista

 

Faz muito tempo que venho pensando em praticar o Naturismo. Quando a praia de Abricó foi declarada oficialmente para esta prática fiquei muito feliz. Infelizmente a hipocrisia ainda existe em alguns meios, que teimam em misturar nudismo com libertinagem. Nada a ver. Em breve pretendo me tornar associado da ANA ok.
Minha esposa ainda tem um pouco de vergonha e diz que no início só ficaria de topless, mas acredito que depois que ela apreciar as demais pessoas, inclusive famílias, que freqüentam o local, passe a vestir a camisa do naturismo.
Aproveito a oportunidade (não sei se já existe) para dar uma sugestão a vocês, no sentido de armarem uma barraca da ANA, a fim de facilitar aos visitantes o contato com membros da direção desta entidade.
Grato e até breve.

 

Humberto G. Fittipaldi filho

Rio de Janeiro- RJ

(enviada em 31/01/05)

 


Sócia, mas em Minas

 

Ei, direção,
Meu maior sonho é poder viver assim, como vim ao mundo. Sou louca para conhecer uma Praia de Nudismo. Como faço para poder fazer parte dessa associação tão boa.

 

Michelle Cristine dos Santos Pereira

Contagem - MG

(enviada em 29/01/05)

 

Resposta: Olá, Michelle. Para fazer parte da ANA você precisa freqüentar a praia do Abricó
no Rio de Janeiro. Por que você não procura a NAT MG ? Eles fazem encontros na região metropolitana de Belo Horizonte. Entre no site deles: http://www.natmg.org.br/

Abraços naturais


 

Gostamos de Abricó

 

Estivemos esses dias no Abricó , e ficamos extremamente satisfeitos com o comportamento das pessoas. Somos um casal que curte coisas moderadas, algo discreto sem exageros.
Fomos no Abricó, ficamos bastante à vontade, onde o amigo que nos recepcionou foi claro, objetivo e muito simpático.
Percebemos também um volume bem maior de homens do que de mulheres o que nos deixou  inicialmente receosos, mesmo assim nos acostumamos e curtimos.
Gostaríamos de encontrar por lá mais famílias e com  isso acho que ficaríamos mais à vontade.
Gostamos  dos preços  da cervejinha gelada  e do atendimento do Luiz, foi nota 10..
Voltaremos mais vezes.

abraços 

Lucas e Bia
Niterói- RJ

(enviada em 26/01/05)


 

Elogios

 

Olá, estou mandando este e-mail só para elogiar, pois vocês estão 10. Ainda não tive a oportunidade de conhecer, mas teria o maior prazer de visitá-los, pois nunca tive contatos com outras pessoas naturistas... só entre família. Um abração !!! e que vcs tenham um ótimo 2005

 

Paulo Henrique Mesquita Cabral

São Gonçalo - RJ

(enviada em 04/01/05)


 

Parabéns à diretoria

 

Gostaria dar os Parabéns a toda diretoria pela organização tanto no site como na praia. Estive hoje pela primeira vez em um fim de semana na Praia do abricó e fui muito bem recepcionado, o segurança da praia me recebeu bem e me informou sobre todo o código de Conduta. Gostei muito pois foi muito cordial. Estive pouco tempo na Praia, só no período da manhã. Tomei umas cerveja na barraca do PQD, e pude notar que o grupo que estava presente na praia parecia ser bem unido, todos animados e muito amistosos, apesar de não conhecer ninguém me senti muito bem no local. Gostaria desejar a todos um feliz 2005, e pretendo voltar outras vezes no abricó para ficar mais à vontade e curtir a natureza. 

 

Um abraço a todos !!! 

 

Sandro Da Silva Santos

Rio de Janeiro -RJ

(enviada em 02/01/05)


voltar para mensagens antigas

 

Você está acessando as páginas da Associação naturista de Abricó