Matérias Antigas

Federação participa de Assembleia promovida pela ANA

 

A Associação Amigos da Praia de Abricó - ANA realizou Assembleia Geral Ordinária. A Federação Brasileira de Naturismo esteve presente, através do Presidente João Olavo Rosés e Secretária Geral, Rayssa Sousa.

 

O Presidente da Associação, Pedro Ribeiro, abordou questões sobre a gestão da praia. Relatos de falta de comprometimento dos naturistas e ausência de novas lideranças. João Olavo reforçou que, atualmente, as associadas estão sendo conduzidas sob o comando de poucos voluntários, pondo em risco o futuro do naturismo, pois, se "tal presidente" se afasta, "morre a entidade".

 

“Precisamos de gestões democráticas, que só acontecerá se os naturistas entenderem a importância de suas participações ativas”, afirmou o presidente da FBrN.

 

João Olavo ainda falou da importância das praias no movimento naturista. Por serem públicas, podem acolher um número maior de curiosos e visitantes, principalmente em Tambaba, o Pinho e a própria Abricó. Por trazerem ao naturismo uma visibilidade internacional. Por isso ocorreu a segunda visita da Federação à entidade e, também, para frisar o valor do trabalho do Pedro Ribeiro, que, como alguns, por exemplo o Paulo Pereira, luta incansavelmente pelo desenvolvimento do naturismo no Brasil.

 

Houve na reunião, onde o Presidente da Federação, João Olavo, explicou o Plano de Trabalho Gestão 2011/2012 para os associados à ANA. Mostrou que nesta gestão, há assuntos que foram debatidos e deliberados na última década da Federação, mas que não haviam sido implementadas.

 

Por exemplo, o Centro de Estudos Naturista, que será discutido na reunião em Guarapari, com presença do grupo Naturismo Capixaba, que integrará o NATES- Naturistas do Espírito Santo e a Federação Brasileira de Naturismo, Outro ponto é o Museu virtual, a quem a Diretoria da FBrN incumbiu o Pedro Ribeiro para coordenar. João também esclareceu a Lei do Naturismo, que foi o primeiro ato da nova gestão da Federação.

 

"Indo ao Congresso Nacional, vimos que está já aprovada pela Câmara dos Deputados. Só que depois de anos sem movimentação, foi arquivada. Fomos assessorados pelo gabinete do senador Paulo Paim, a enviarmos novamente a Lei , a fim de recomeçar todo o trâmite. Porém, desta vez, sendo iniciada pelo Senado. Foi mantido o mesmo texto, escrito pelo naturista Pedro Ribeiro, em 1996", informou o Presidente da FBrN.

 

Ainda nesta explanação, João Olavo abordou o imprescindível uso do Cartão INF, e mostrou os dois que possui, ajudando assim a duas entidades, bem como a Federação.

 

Nesta Assembléia, foi ratificada a Ata de constituição jurídica da ANA. Os dirigentes da Federação demonstraram sua alegria em estar presentes num momento tão importante para a associação e, por consequência, para o naturismo brasileiro.

 

Por fim, foram definidas duas datas de eventos na praia de Abricó neste ano, que serão: · Celebração ao Dia Mundial do Naturismo – com gincana e bingo - 05 de junho; · Festa “Julhina” – Realização do São João em Julho – com almoço no local - 31 de julho.

 

Diretor de Comunicação - Giulliano Pacheco

 

(enviado em 18/05/11 por Maria Luzia de Almeida)


Anabricó recebe certificado de área naturista

 

A Associação Naturista de Abricó recebeu, neste sábado 2 de abril, o Certificado de Área Naturista, versão 2011, emitido pela Federação Brasileira de Naturismo. O presidente e o vice-presidente da FBrN, João Olavo Rosés e Marcelo Pacheco, respectivamente, entregaram em mãos do presidente da ANAbricó, Pedro Ribeiro, o documento que atesta que a área, no caso a praia do Abricó, é filiada à federação e observa o cumprimento das regras naturistas.

 

A dupla diretora já esteve entregando outros certificados em Tambaba, Massarandupió e Barra Seca antes de chegarem na praia do Abricó, no Rio de Janeiro. Em seguida a equipe partiu para O Centro Ecológico Marinho Jurubá, em Paraty, que também será agraciado com a mesma comenda. Após prosseguirá viagem até o sul visitando outras áreas.

 

(enviado em 2/04/11 por Anabricó)


Reaberta estrada que liga Prainha ao Abricó

 

Img: P. Ribeiro

Gigantescas pedras interditaram e destruíram a estrada da Guanabara

Interditada desde abril deste ano, foi reaberta para o tráfego de veículos nesta manhã de quarta-feira a estrada da Guanabara, que liga a Prainha à praia de Grumari passando pela praia do Abricó.

 

Com a interdição o acesso à praia do Abricó se fazia pela Barra de Guaratiba, o que aumentava o percurso de quem vinha do Recreio dos Bandeirantes em cerca de 20 quilômetros, o que ocasionou a redução drástica do número de frequentadores de Grumari e até do Abricó. Também o comércio local sofreu grandes problemas, tendo vários quiosques e barracas fechado.

 

Img: portal de Guaratiba

Vista aérea da estrada quando houve o deslizamento

A obra foi para recuperação da estrada destruída por deslizamento de pedras no grande temporal de abril, mas ainda não acabou, segundo a Secretaria de Obras, que deverá continuá-las até abril do próximo ano.

 

O movimento maior de banhistas é esperado já a partir deste final de semana. Mas a Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro informa que nos sábados, domingos e feriados os acessos a estas praias serão interditados quando não houver mais lugares para estacionar nas área estabelecidas, o que geralmente acontece por volta das 9 horas da manhã. Então todos têm que acordar cedo e chegar cedo nestas praias, inclusive na praia naturista do Abricó.

 

 

(enviado em 22/12/10 por Anabricó)


 

 

Estrada fechada desde chuvas de abril passa por novas obras no Rio

 

Avenida Estado da Guanabara liga Prainha a Grumari, passando pela praia do Abricó. Ainda não há previsão de quando a via vai ser reaberta.
 

A Geo-Rio começou, nesta segunda-feira (30), as obras complementares na Avenida Estado da Guanabara, que liga a Prainha a Grumari, dando acesso à praia do Abricó, na Zona Oeste do Rio, e que estava fechada desde a chuva de 6 de abril. Entretanto, a Geo-Rio informou que não há previsão de quando a avenida, que é a alternativa para quem usa a Estrada da Grota Funda, será liberada ao tráfego.

 

Técnicos fizeram uma avaliação geológica do local que indicou a necessidade de demolição e retirada de mais de 8 mil metros cúbicos de encostas, que ainda estão instáveis. Também serão necessárias obras de estabilização, que incluem drenagem, instalação de tela de alta resistência, entre outras estruturas.

 

De acordo com a Geo-Rio, serão investidos mais R$ 4,6 milhões na via. Desde abril, foram retirados cerca de 6 mil metros cúbicos da encosta que deslizou. O investimento na intervenção emergencial foi de R$ 900 mil.

 

Fonte: http://g1.globo.com

 

(enviado em 30/08/10 por Sérgio Lopes)


Blocos de pedras são implodidos em encosta na Zona Oeste do Rio

 

Dois blocos de pedras de grande porte foram implodidos na manhã desta sexta-feira (24) na Zona Oeste do Rio. De acordo com a Defesa Civil, as pedras estão localizadas no costão da Avenida Estado da Guanabara, que liga a Prainha à Grumari e passa pela praia naturista do Abricó.

 

Segundo a Geo-Rio, as pedras estão em situação de precária estabilidade e sua implosão é uma importante etapa das obras de recuperação da via.

O trânsito do local foi fechado desde as 6h, e não será permitido o banho nas praias de Abricó, Prainha e trecho final de Grumari, nem a permanência de pessoas no local até a liberação da área.

Técnicos da Defesa Civil estarão à disposição, orientando a população. Em caso de dúvidas, o cidadão pode ligar para a Defesa Civil no telefone 199, que funciona 24 horas.

A implosão, feita pela Geo-Rio, conta com o apoio da Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Policia Militar. Para a implosão foram usados 800 kg de dinamites. O trabalho de contenção vai durar até fevereiro de 2011.

Durante as chuvas de abril no Rio, o deslizamento de um bloco de rocha destruiu parcialmente a Avenida Estado da Guanabara. A Geo-Rio, após finalizar um levantamento geológico-geotécnico da área, constatou a existência desses outros dois grandes blocos de rocha, que configuram um elevado risco para a via. A Geo-Rio informou que já retirou em torno de 8 mil m² de material deslizado entre solo e rocha.

 

Fonte: Rede Globo

 

(enviado em 24/08/10 por Pedro Ribeiro)


RJTV segunda edição fez matéria, no dia 30 de abril, sobre o deslizamento de terra e rochas que atingiu a estrada para a praia do Abricó. Clique aqui e veja a matéria no site da Rede Globo.

Devido à tempestade que se abateu sobre a cidade do Rio de Janeiro nos dias 5, 6 e 7 de abril, o acesso à praia do Abricó via estrada Estado da Guanabara (a estrada que margeia a orla ligando a praia da Macumba a Grumari e até Barra de Guaratiba) está totalmente obstruído pelo deslizamento de grande quantidade de pedras e terra que desceu da encosta, exatamente no ponto mais alto da estrada. O acesso está interrompido pela defesa civil para carros e pedestres desde o restaurante da Prainha, até a praia do Abricó. Parte da estrada neste trecho foi destruída. (foto Portal Terra)

Diante desta situação, aos poucos a Associação Naturista de Abricó vai retomando suas atividades normais na praia do Abricó até que a situação esteja totalmente regularizada. A previsão de término das obras de retirada da terra e pedras e recuperação da estrada danificada é de no mínimo seis meses.

Somente é possível ter acesso de maneira um pouco dificultosa por Barra de Guaratiba, já que o estado da estrada não está muito bom. Aumenta o trajeto em 20 km, nada que um carro não possa suportar.

Para chegar lá pegue a estrada da Grota Funda, que nada mais é que a continuação da Av. das Américas que sobe a serra em sentido à Guaratiba e Santa Cruz. Logo depois da serra pegue o retorno e pegue a estrada da Barra de Guaratiba. Siga até encontrar as placas que indicam a estrada que leva a Grumari. E entre. Vai chegar no Abricó.

Para facilitar a prefeitura colocou placas no começo desta estrada dizendo que está interditada, mas há uma outra dizendo que está livre até o Abricó.

Para facilitar mais ainda do Shopping Recreio, na Av. das Américas até esta entrada tem exatamente 15,4 km, que é logo depois de duas lojas de serviço de borracharia, uma em cada lado da estrada.

Para quem vai a pé, o caminho é um pouco mais longo daí até a praia  (4,9 km) do que o outro que saía do MARAMAR (3,5 km). Salte do ônibus (387 - Carioca Marambaia ou 867 - Campo Grande - Barra de Guaratiba) no mesmo local escrito antes. Não recomendamos o acesso a pé pelo lado do condomínio MARAMAR. Há risco de acidentes.

A diretoria da Associação Naturista de Abricó.


Vídeo mostra situação da estrada que leva à praia do Abricó

(enviado em 10/05/10 por Marcelo Neumann)


Tempestade isola praia do Abricó

 

As chuvas torrenciais que caíram nos últimos dias na cidade do Rio de Janeiro dificultam o acesso à praia do Abricó. Imensas pedras rolaram pela encosta e bloquearam a estrada que liga a Prainha a Grumari, onde se localiza a praia. Ainda não temos fotos da praia do Abricó, mas a julgar pelas fotos da ressaca nas ilhas em frente, presume-se que não deve existir areia no momento. (clique para ampliar)

 

fonte: http://oglobo.globo.com/rio/fotogaleria/2010/11409/ 

 

(enviado em 9/04/10 por Marcelo Neumann)

 

Leia a matéria publicada no jornal O GLOBO (8/04/10):

 

Estrada antes preservada, ligação entre Grumari e Prainha está destruída

 

Local dos mais preservados e dono de um dos visuais mais bonitos do Rio de Janeiro, a estrada que liga as praias de Grumari e da Prainha, na Zona Oeste do Rio, impressiona pela destruição. Um gigantesco clarão formou-se na montanha dando ideia da quantidade de rochas que caíram durante o temporal dos últimos dias na cidade. Num trecho a cerca de 200 metros da Praia do Abricó, parte do asfalto cedeu e a sensação do passar por lá é de que pode vir todo abaixo em caso de novas chuvas.

A faixa colocada pela prefeitura logo após a Praia do Abricó não impediu que muitos curiosos chegassem durante todo o dia próximo do local onde rolaram os pedregulhos para ver de perto a destruição. Surfistas acostumados a frequentar a região trocaram as pranchas por máquinas fotográficas para registrar a cena. Segundo um funcionário da prefeitura que realiza um trabalho de reflorestamento na área, uma pedra de cerca de 15 metros de comprimento que é vista agora no mar rolou da montanha durante as chuvas.

A estrada é bastante utilizada por moradores de Guaratiba que costumam desviar por lá dos engarrafamentos na Serra da Grota Funda. Nesta quinta-feira, na bifurcação entre a Estrada de Barra de Guaratiba e a subida para Grumari, não havia guardas municipais ou qualquer funcionário da prefeitura para orientar os motoristas que só eram parados pela faixa laranja colocada pouco depois da entrada de Praia de Abricó.

Além de imensas rochas, muita lama e árvores ocupavam o que restou do asfalto no trecho atingido. A Secretaria municipal de Obras informou que representantes da GeoRio estiveram ontem no local, mas não deu previsão para o início dos trabalhos na região.

 

Trecho de: http://oglobo.globo.com/rio/mat/2010/04/08/chuva-no-rio-moradores-de-areas-isoladas-atravessam-pe-serra-da-grota-funda-916287357.asp

 


 

Brasil Naturista visita a praia do Abricó.

Foto: Hamilton Alves

Pedro Ribeiro recebe das mãos da Karine, da Brasil Naturista, o folder promocional do III ELAN

Neste domingo, 27 de dezembro, a equipe da revista e portal Brasil Naturista fizeram uma surpresa aos frequentadores da praia do Abricó com sua visita inesperada.

Marcelo, Karine, Giulianno e esposa fotografaram e distribuíram um folder promocional do III Encontro Latino Americano de Naturismo a ser realizado na Colina do Sol, em março de 2010. Também ontem ocorreu a comemoração dos Aniversariantes associados do meses novembro e dezembro, com dois bolos de "tirar o chapéu". Pedro Ribeiro lembrou também que a própria praia do Abricó é aniversariante, pois completou 15 anos da Resolução que oficializou o local como área naturista.

Um domingo de sol maravilhoso, com muito vôlei, mar tranquilo, com água morna e limpa, completamente diferente da situação das outras praias do Rio naquele momento, completou o quadro.

(enviado em 28/12/09 por Pedro Ribeiro)


Praia de Abricó é visitada pelo Presidente da FBrN!

 

Em sua viagem pelo Rio, o Presidente da FBrN, José Antônio Tannús, esteve na Praia de Abricó.

 

Mesmo estando todos envolvidos com a data (Dia das Mães), o Pedro Ribeiro, nos acompanhou nesta visita, desde nossa saída de Copacabana.

 

O dia estava bastante nublado e chegou a ensaiar alguns pingos de chuva, mas no final tivemos até um solzinho.

 

Conversamos sobre a Federação, nossos planos para levar adiante o naturismo no Brasil, sobre os problemas da Praia.

 

Quando o sol estava saindo tivemos que retornar, pois nossas mães nos esperavam para comemorar o seu dia.

 

Agradecemos ao Pedro pela disponibilidade e atenção.

 

(enviado em 9/05/09 por FBrN - presidência)

 

 


Eleições de aproximam, em quem votar ? Há candidatos que ajudam o Naturismo ?

Há poucos dias para as eleições municipais. O jornal OLHO NU e a ANA fizeram matéria e pesquisa sobre candidatos que poderiam ajudar a praia do Abricó, caso fossem eleitos. Para cada candidato a prefeito do município do Rio, foi enviado um questionário sobre sua posição perante à questão da praia do Abricó.Somente a candidata Solange Amaral respondeu. O candidato Eduardo Paes pediu para entrar em contato com seus assessores. O restante não deu qualquer satisfação.

No município do Rio de Janeiro, por conta da existência da Praia do Abricó, muitos candidatos ao pleito de outubro já tiveram alguma interferência com o naturismo carioca. Sem dúvida, o mais notável é FERNANDO GABEIRA, candidato, pelo Partido Verde, ao cargo de prefeito. Gabeira foi sempre defensor da causa naturista, sendo autor do projeto de lei que legalizaria a prática do naturismo em todo território nacional. Projeto este que está engavetado no Senado Federal por mais de cinco anos.

EDUARDO PAES, outro candidato a prefeito do Rio, pelo PMDB, já ocupou o cargo de Secretário de Meio Ambiente do município carioca. Na época o naturismo na praia do Abricó se encontrava proibido por decisão judicial. Quando procurado pela Associação naturista de Abricó pedindo apoio à luta ele deu uma declaração no mínimo instigante:"sou contra haver uma praia delimitada para a prática do nudismo", diante do olhar atônito do interlocutor, completou "o nudismo deveria ser permitido em qualquer praia". Será que, caso eleito, colocará esta ideia em prática?

Na lista de vereadores há casos também estranhos. A candidata LÍLIAM SÁ é autora da lei municipal que "regulamenta a prática do nudismo na praia do Abricó", editada em 2003. No entanto em seu texto proíbe a prática do nudismo em qualquer outra praia, castigando com multa  e prisão o ousado. A vereadora evangélica disse que queria proteger as crianças, especialmente as meninas, de ver um homem adulto nu. Já deu prá perceber que, caso PAES e SÁ sejam eleitos, haverá conflitos entre os dois, se o primeiro realmente quiser por em prática seus ideais.

Outra candidata a vereadora, e já foi Secretária de Meio Ambiente do Município, é ROSA FERNANDES. Enquanto secretária sempre teve bom relacionamento com a associação naturista carioca, no entanto, esse bom relacionamento não se converteu em atendimento à reivindicações por mais infra-estrutura e segurança. Mas, pelo menos não atrapalhou.

Alfredo Sirkis

Também Alfredo Sirkis, do Partido Verde, se candidata a vereador. Ex-secretário do meio-ambiente, foi autor da Resolução Municipal que determinou a prática do Naturismo na praia do Abricó.

Adilson Pires

Finalmente, sobre o Rio de Janeiro, o candidato a vereador ADILSON PIRES, do PT, foi o único que converteu alguns de seus trabalhos em favor do Naturismo, apresentando projeto de lei na Câmara que modificava o texto da lei da vereadora Líliam Sá para "permitida a prática do nudismo na praia do Abricó", em vez de proibido a prática do nudismo fora da praia do Abricó, e exigia a presença da guarda municipal na praia. A lei, aprovada pela Câmara, foi vetada na íntegra pelo Prefeito César Maia. Também simpaticamente ofereceu fazer os panfletos da Associação com as regras do Naturismo, os quais são distribuídos na praia.

Antonio Júnior, membro da Associação Naturista de Abricó, representou oficialmente a associação e conseguiu conversar com assessores de Eduardo Paes e com o candidato a vereador Guaraná. Falou sobre marcar reunião, mas não sabem quando vai dar. Segundo um dos assessores vai haver um café na Prainha antes das eleições e eles poderiam dar uma esticada até o Abricó, para falar conosco pessoalmente.

Júnior continuou no argumento de que era necessário nos encontrarmos para fecharmos uma aliança, até mesmo para divulgarmos no nosso site e podermos distribuir panfletos na praia.

Questionário distribuído a todos os candidatos a prefeito

Assunto: praia de naturismo

Mensagem:
Caro candidato ao cargo de prefeito do Rio de Janeiro sra. Solange Amaral Nós somos a Associação Naturista de Abricó (www.anabrico.com). Em todos os finais de semana e feriados, que as condições climáticas permitam, estamos presentes na praia do Abricó, que fica entre a Prainha e Grumari, aliás muita gente acha erroneamente que ela é apenas um pedaço de Grumari.

Na praia do Abricó a prática do naturismo foi autorizada por Resolução Municipal em 1994, depois disso teve esse direito cassado por uma liminar judicial. Somente em 2005, após decisão do Superior Tribunal de Justiça, a liberação definitiva. Embora tenhamos o direito de usar toda a área da praia de Abricó (cerca de 700 metros), utilizamos apenas cerca de 250 metros, numa maneira de conciliar nudistas e não nudistas na mesma praia, sem constrangimentos e em harmonia.

A praia do Abricó se tornou famosa no mundo inteiro naturista. Costumamos receber turistas do mundo inteiro, que procuram o local para a prática do naturismo, não obstante seu afastamento dos pontos turísticos mais conhecidos de nossa cidade. Todos procuram a tranquilidade que o local e a associação proporcionam aos visitantes. No entanto, a praia do Abricó, e mesmo Grumari, jamais recebeu a devida atenção das autoridades municipais e estaduais.

Em todas as outras praias, até a próxima Prainha, conta com a presença da Guarda Municipal diariamente. Para Abricó a alegação é que não há contingente suficiente para designar guardas para lá. A mesma alegação da Polícia Militar. Gostaríamos, então, de saber o seguinte de Vossa Senhoria, uma vez eleita no pleito de outubro:

1) Dará apoio a manutenção da área naturista na praia do Abricó?

2) Designará ao menos dois guardas municipais para o local de maneira fixa e diária, como existe em qualquer outra praia da Zona Sul e Zona Oeste, até a Prainha ?

3) Planejará de maneira efetiva para que seja facilitado o acesso às praias da região, notadamente no verão, quando ocorrem engarrafamentos monstruosos, prejudicando até o socorro a possíveis problemas?

4) Planejará um estacionamento mais eficiente na área, que foi recentemente urbanizada, mas que já apresenta sinais de deterioração, graças ao abandono sistemático dos órgãos responsáveis?

5) Executará projeto de melhoria da infra-estrutura com construção de postos salva-vidas, com chuveiros e banheiros a exemplo das que existem em toda orla da Zona Sul?

6) Manterá um contato amigável e harmonioso com a Associação naturista de Abricó, recebendo seus representantes e dando atenção às suas reivindicações e se empenhando para atendê-las?

Temos muitas sugestões que podem ajudar a solucionar muitos dos problemas, poderemos ter uma boa relação de integração. Informo que essas respostas serão publicadas em nosso site na Internet, no jornal OLHO NU (www.jornalolhonu.com ), impressos e distribuídos a todos os associados e frequentadores da praia do Abricó durante o mês de setembro próximo. Aguardamos sua colaboração até o dia 31 de agosto de 2008. Muito obrigado. Rio de Janeiro, 21 de agosto de 2008 Comissão diretora da Associação naturista de Abricó

Resposta da candidata Solange Amaral, a única a responder da maneira solicitada

Caros,
 
seguem respostas da candidata Solange Amaral às perguntas encaminhadas por vocês.
 
Att.
Carolina Coutinho
(21) 3239.4600
carolcoutinho@montecastelo-ideias.com.br
 
1) Dará apoio a manutenção da área naturista na praia do Abricó?

Claro! É um direito das pessoas, é uma lei, não incomoda ninguém. Nossa cidade tem que ser diversa, ampla, não tenho nada contra, além disso é um local definido e do conhecimento de todos.

 
2) Designará ao menos dois guardas municipais para o local de maneira fixa e diária, como existe em qualquer outra praia da Zona Sul e Zona Oeste, até a Prainha ?

Não é bem assim. Vou examinar, mas as outras praias não têm esse apoio.

 
3) Planejará de maneira efetiva para que seja facilitado o acesso às praias da região, notadamente no verão, quando ocorrem engarrafamentos monstruosos, prejudicando até o socorro a possíveis problemas?

Vou melhorar a operação das vias, colocar operador de trânsito, CET Rio, especialmente nos dias de pico, sábado e domingo de alto verão, que têm muita visita.

 
4) Planejará um estacionamento mais eficiente na área, que foi recentemente urbanizada, mas que já apresenta sinais de deterioração, graças ao abandono sistemático dos órgãos responsáveis?

Abrir estacionamento em ruas onde ainda não tenha e incentivar o transporte coletivo para diminuir o apelo ao carro. Quero também incentivar a carona solidária.

 
5) Executará projeto de melhoria da infra-estrutura com construção de postos salva-vidas, com chuveiros e banheiros a exemplo das que existem em toda orla da Zona Sul?

É uma idéia, vamos estudar.

 
 
6) Manterá um contato amigável e harmonioso com a Associação naturista de Abricó, recebendo seus representantes e dando atenção às suas reivindicações e se empenhando para atendê-las?

Certamente.

 

(enviado em 25/09/08)


Abricó já está em Tambaba para o Congresso Internacional

 

A comissão de representantes da Associação Naturista de Abricó já está em Tambaba para participar do XXXI Congresso Internacional de Naturismo, que começa oficialmente nesta terça -feira, 9 de setembro. Doze associados levarão para outros naturistas do mundo inteiro a palavra amiga e de confraternização da praia do Abricó. Nos próximos dias, até 14, o mundo inteiro se encontra aqui.

Chegada em Recife

Já instalados na casa alugada no Conde

A chegada em Tambaba. Nudez desde o estacionamento


 

Festa julina do Abricó foi sucesso!

 

Realizada no último sábado, 26 de julho, o "arraiá" julino da Associação Naturista de Abricó foi um sucesso estrondoso. Centenas de pessoas se reuniram no Solar de Guaratiba para fazer um evento naturista de primeira grandeza, regada a muita música sertaneja, brincadeiras, concursos, comidas típicas e bebidas. O sol brilhou todo o dia e mesmo uma noite estrelada e fria não tirou o ânimo dos participantes. A festa acabou pontualmente às 10 da noite, mas com o gostinho de quero mais. Veja a cobertura completa na edição de agosto do jornal OLHO NU.

 

(enviado em 28/07/08 por ANAbricó)


Gilvan Luiz de Souza

 

A Associação Naturista de Abricó informa a amigos que a missa de 7° dia de falecimento de seu associado Gilvan Luiz de Souza ocorrerá nesta segunda-feira, 28 de julho na Igreja de Santa Mônica, na rua José Linhares, esquina com a avenida Ataulfo de Paiva, no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro,  às 17 h 30.

 

(enviado em 27/07/08 por Pedro Ribeiro)


Gilvan Luiz de Souza

 

A Associação Naturista de Abricó tem o pesar de informar aos seus associados e à comunidade naturista brasileira que GILVAN LUIZ DE SOUZA, o nosso querido Gilvan, faleceu no dia de hoje, 22 de julho de 2008. Gilvan foi nosso associado desde os primórdios da Associação, quando ela foi criada ainda na praia da RESERVA. Acompanhou e participou de toda luta pela liberação da praia do Abricó, juntamente com sua esposa RITA.

 

Foi associado também das extintas associações Rio-NAT e Associação Carioca de Naturismo.

A Associação solidariza-se à dor de sua família, por este amigo de todas as horas.
 

(enviado em 22/07/08 por ANAbricó)


Resgate de afogamento e aniversário na praia do Abricó

 

foto: Fellipe Barroso

Os aniversariantes se reuniram em torno da mesa de festa

O domingo, 27 de abril, foi agitado na praia do Abricó, no Rio de Janeiro. A forte ressaca que se abateu sobre o litoral do estado nos últimos dias tiraram muito da areia da praia, transformando-a quase em um canteiro de pedras e, de vez em quando, provocando transtornos por causa das ondas rápidas, fortes e inesperadas que subiam além do limite da areia, arrastando pertences e celulares. Mesmo assim o clima no final de semana de sol forte foi de descontração e foi realizado a comemoração dos aniversariantes dos meses de março e abril, associados à Associação Naturista de Abricó, com muitos docinhos, cachorros-quentes, frutas e o infalível bolo. Pode-se conferir a mesa clicando no link a seguir, um vídeo do YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=mw47HXKqnI4

 

foto: Fellipe Barroso

Helicóptero da polícia resgata afogada na praia do abricó

O único fato que quebrou a harmonia e deixou os frequentadores apreensivos foi o resgate de uma mulher que foi arrastada pelas fortes ondas e correnteza para cerca de 200 metros à frente da praia. A mulher foi resgatada com vida e não estava na área de naturismo da praia do Abricó. Porém foi levada para lá pelo helicóptero da polícia civil. Os guarda-vidas que realizaram o socorro saíram aplaudidos.

 

(enviado em 28/04/08 por Pedro Ribeiro)


 

Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro altera lei sobre praia do Abricó

 

A pedido da Associação naturista de Abricó, a Câmara dos vereadores do Rio de Janeiro, aprovou, no dia 15 de abril, o projeto de lei nº 1164/22207, de autoria do vereador Adilson Pires, que altera a redação da Lei 4.059, de 18 de maio de 2005.

 

A redação original, em seu artigo 1º, determinava que ficava proibida a prática de naturismo fora dos limites da praia do Abricó. A redação atual mudou para "Fica permitida a prática do naturismo nos limites e extensão da areia da Praia do Abricó".

 

Essa diferença sutil é muito importante, segundo Pedro Ribeiro, um dos coordenadores da Associação, pois do modo que a redação estava antes, não seria possível obter outra área para a prática de naturismo no município do Rio de Janeiro.

 

Além da mudança na redação foi acrescentado um artigo que determina que o Poder Público providencie "os atos necessários para a permanência da Guarda Municipal naquele local visando manter a segurança e a ordem, inibindo abusos de qualquer natureza".

 

(enviado em 18/04/08 por Claudio Haulic)


Associação do Abricó acaba com a figura do presidente

 

foto: Sandro Matos

A Assembleia foi realizada na beira do mar.

Em duas assembleias extraordinárias realizadas nos dias 8 e 21 de março, a Associação Naturista de Abricó decidiu reorganizar o modo de sua gestão. De agora em diante uma comissão composta inicialmente por 14 pessoas irá ficar responsável pelos trabalhos rotineiros da praia  e da associação. Os membros se alternarão na responsabilidade presencial na praia do Abricó. Quatro coordenadores irão gerenciar os trabalhos desta comissão.  Desta forma desaparece a figura do presidente.

 

As novas decisões passam a valer a partir do dia 1 de abril. Mas não é mentira, não.

 

Leia a ata completa desta segunda assembléia.

 

(enviado em 24/03/08 por Pedro Ribeiro)


Carnaval na praia do Abricó tem escultura

Integrante da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis e frequentador da praia do Abricó elaborou uma escultura usando elementos naturais para marcar o carnaval 2008 na praia do Abricó. Embora os dias de folia têm sidos chuvosos, muitos banhistas compareceram na praia e confraternizaram com os outros amigos.

(enviado em 4/02/08 por Pedro Ribeiro)


Naturistas de Abricó representam a Associação no 6º Encontro Brasileiro de Naturismo

Entre os dias 15 e 18 de novembro passado realizou-se na Praia do pinho, no Balneário Camboriú, em Santa Catarina, o Sexto Encontro Brasileiro de Naturismo, que contou com presença de representantes das entidades naturistas de todo Brasil. Da ANA, a nossa Associação Naturista de Abricó, três associados se fizeram representar: Fernando Fiúza e sua esposa Kátia e o presidente Pedro Ribeiro.

Embora o tempo tenha ficado muito instável, com chuva, frio e vento, o que afastou os naturistas das areias da praia, a área do Complexo do Pinho, que inclui o camping, as pousadas e o restaurante estavam cheios, com muita gente animada e descontraída. Pesoas que aproveitaram o encontro para visitar a famosa área de nudismo.

(enviado em 22/11/07 por Pedro Ribeiro)


Vencedores recebem seus prêmios

foto: Márcio Alves

 

 

No dia 22 de setembro, os vencedores das rifas (de um aparelho de DVD e de um aparelho de celular) receberam seus prêmios na praia do Abricó.

Airam e sua esposa Lili que receberam o DVD e Bruno que ganhou o celular, todos associados da ANA, ficaram muito felizes em participar e terem contribuído com a associação.

Muito obrigado aos dois.

(enviado por Pedro Ribeiro em 25/09/07)


Abricó em três tempos

 

Nevoeiro encobriu inteiramente as ilhas que ficam diante da praia, neste final de inverno do Rio de Janeiro, na última semana de agosto.

 

 

(enviado por Edson Lavos em 31/08/07)


Festa dos aniversariantes do mês de junho reuniu pouca gente

 

O friozinho que se abateu sobre a praia do Abricó neste final de semana amedrontou muita gente de comparecer ao tradicional encontro dos Aniversariantes do Mês, justamente num mês onde há muitos associados que comemoram suas datas natalícias. Mas ninguém se fez de rogado e o bolo e os docinhos fizeram parte da modesta mesa, com muita alegria e confraternização. A foto ao lado, que registrou o momento foi tirado por um celular por Edson Lavos. Somente dois aniversariantes estavam presentes: Conceição e Manoel, que foram homenageados pelos demais frequentadores.

 

 

(enviado em 2/07/07 por Edson Lavos)


Praia do Abricó está no jogo Second Life.

Mas a semelhança com o mundo real termina no nome.

 

Febre da internet após o Orkut, o mundo virtual Second Life também tem uma versão da praia naturista carioca. Mas não espere encontrar o mesmo lugar cercado pela vegetação e livre do concreto.

 

Second Life é Um mundo virtual simulado nos servidores da empresa norte-americana Linden Labs. Para quem ainda não teve paciência ou equipamento suficiente para instalar e executar o programa, trata-se de um ambiente tridimensional, onde o jogador cria seu personagem e interage com os demais, visitando as diversas "ilhas", fazendo amigos e com a possibilidade de investir dinheiro real para construir empreendimentos, negociar produtos e serviços e até viver do lucro do jogo.

 

Uma destas ilhas é a Praia Abricó. Assim mesmo, sem o "do". Criada por investidores virtuais, é mais um ambiente onde os personagens se encontram, promovem festas e se relacionam. Ao contrário da verdadeira Praia do Abricó, a versão virtual é bem diferente do paraíso natural ao sul da Cidade Maravilhosa. A começar pela placa de identificação, que utiliza uma pin-up dos anos 50 semi-nua para atrair os interessados. Na chegada ao local, o sistema recepciona o visitante apresentando-lhe "a praia mais deliciosa do Second Life".

 

Leia a matéria completa publicada no site do NAT-Sul, clicando aqui.

 

(enviado em 26/05/07 por Rodrigo Soracco)


Praia do Abricó agora também tem seu Fotolog.

 

O fotolog oficial da praia do Abricó está pronto. De autoria de Fellipe Barroso, naturista frequentador da famosa praia naturista, a página vai mostrar imagens da sua estruturação, com seus atrativos e freqüentadores. "A idéia é atualizá-lo a cada 2 dias, usando de todos os "macetes fotologísticos" dos quais disponho (foram 3 anos como fotologer, eu sei o que é isso), para contribuir na divulgação da praia pelo Rio de Janeiro, no Brasil e até no mundo." Declara o autor.

 

A página promete usar as cores da Associação naturista de Abricó que organiza a área de acordo com as normas internacionais de naturismo. "Tentei usar as cores da Associação, mas ainda preciso rever a palheta!", confessa.
 

Fellipe agradece à Associação pela autorização da realização do projeto.
 

O endereço é: http://www.fotolog.com/praiadoabrico

 

(enviado em 12/03/07 por Pedro Ribeiro)


Praia do Abricó comemora o Dia Nacional do Naturismo

 

foto: João Salles

No domingo 25, a Associação Naturista de Abricó celebrou na praia do Abricó o Dia Nacional do Naturismo, data instituída em 21 de fevereiro pela Federação Brasileira de Naturismo. Os frequentadores levaram diversos quitutes para compor a mesa do Solau (o contrário de Luau, já que é comemorado de dia). Aliás, Sol foi o que não faltou no dia quente e com águas refrescantes do mar.

 

Na ocasião também foi cantado o "Parabéns prá você" em homenagem aos associados aniversariantes no mês de fevereiro.

 

(enviado em 27/02/07 por Pedro Ribeiro)


Filmagens na praia do Abricó causam desconforto

 

Afinal, porque escolher uma praia de nudismo para servir de cenário para uma locação cinematográfica se ninguém vai estar nu em cena? Mais curioso ainda, tratando-se de um filme infantil, cujos personagens são bonecos, tipo fantoches?

 

Foi assim mesmo que a Total filmes tomou de assalto a praia do Abricó no Rio de Janeiro, durante três dias da semana passada em pleno verão, nos raros dias de sol da temporada, em uma co-produção chileno-brasileira de um longa-metragem infantil, despejando toda a parafernália sobre as areias da praia.

 

Embora a equipe de produção tenha se mostrado simpática e disposta a resolver problemas, o fato em si causou alguns transtornos e acirrou alguns ânimos de revolta pela ocupação da única praia naturista no município. Embora autorizada pelo poder público, os principais interessados somente foram avisados das filmagens após elas terem começado.

 

Os responsáveis pelo restaurante que funciona na entrada da praia do Abricó se sentiram muitíssimos prejudicados, porque toda aárea do estacionamento da praia foi ocupada pelos caminhões e carros da equipe de filmagens, não deixando espaço para os fregueses do local. E dento da área naturista um aparelho de ginástica foi quebrado "porque estava atrapalhando o cenário". Mas na reconstrução deixaram um trabalho muito aquém do original.

 

Nosso protesto veemente contra a falta de respeito e consideração de um trabalho que não traz qualquer benefício para a praia nem ao Naturismo organizado.

 

(enviado em 29/01/07 por Pedro Ribeiro)


Presidente da ANA encontra-se com a Secretária Rosa Fernandes

 

foto: Mauro Martins

clique para ampliar

Rosa Fernandes e Pedro Ribeiro na inauguração do busto de Chico Mendes

Em um lindo dia ensolarado e quente no último dia do outono carioca, Pedro Ribeiro, presidente da Associação Naturista de Abricó (ANA) encontrou-se com a vereadora e nova secretária do meio-ambiente do município do Rio de Janeiro, Rosa Fernandes, durante a inauguração do busto do ambientalista Chico Mendes, no parque que recebe seu nome.

 

Após a cerimônia, Pedro e Mauro Martins, vice-presidente da ANA, entregaram à secretária o projeto das atividades do X Congrenat que será realizado no final do ano na praia do Abricó e para o qual pedem apoio da Secretaria. A secretária imediatamente deu seu apoio e marcou reunião para a próxima quarta-feira, em seu gabinete, para discutir detalhes do projeto.

 

(enviado em 20/06/06 por Mauro Martins)


Escolhido o nome do jornal da praia do Abricó

por Pedro Ribeiro

natpedro@anabrico.com

enviada em 22 de abril de 2006

 

Arte: Mauro Martins

Após intensa disputa eleitoral, os frequentadores da praia do Abricó, em votação democrática, escolheram o nome que receberá o jornal que será produzido e distribuído na área.

 

Nos dias 15 e 16 de abril os visitantes da parte naturista foram convidados a dar sugestões para batizar o jornal. Foram apresentadas 22 sugestões. Então no dia 21 de abril, os frequentadores puderam votar no nome que mais os agradavam. Os dois mais votados foram novamente levados ao escrutíneo, no dia 22 de abril, em segundo turno. Finalmente foi escolhido o vencedor com 71 votos, Folha do Abricó contra 30 do oponente Jornal do Naturista, confirmando a tendência do primeiro turno.

 

O evento mobilizou toda a praia e promoveu uma grande integração entre os presentes.

 

O jornal terá a finalidade de divulgar eventos da Associação (ANA), pequenas matérias e amenidades sobre naturismo e assuntos gerais e servir de contato social. Qualquer pessoa, associada ou não, poderá contribuir com matérias.

 

Veja a seguir a lista de todas as sugestões de nomes apresentadas e a quantidade de votos que receberam no primeiro turno. Votaram na ocasião 97 pessoas.

 

Nome sugerido nº de votos Nome sugerido nº de votos
Abricó Natural 9 Abricó News 9
Abriconquista 3 AbriCoração 4
AMABricó 1 Aqui a Gente Fica 2
Folha do Abricó 26 Jornal do Naturista 11
Naturalidade 2 Nu e Cru 1
Nu News 1 Nu-Bricó 1
O Abricó 5 Nude Magazine 1
Opção 1 O Natural 2
Rio Natural 5 Peladão 1
Sem Folha de Parreira 1 RJ NU 3
Verdade Nua 7 Tribuna Nua 1

Fim de semana com muitas pedras

por Pedro Ribeiro

natpedro@anabrico.com

enviada em 24 de abril de 2006

foto: Mauro Martins

Este final de semana de feriado prolongado (21 a 23 de abril) foi muito diferente na praia do Abricó. Por causa da forte ressaca do mar, provocada pela frente fria que passou pela cidade do Rio de Janeiro na semana anterior, a areia quase desapareceu dando lugar a enormes pedras que quase ninguém sabia que elas existiam por debaixo do solo. Cerca de 2 metros de altura de areia foram levados pelo mar.

No entanto, apesar do acesso estar dificultado por causa das pedras, a frequência de naturistas foi muito grande na sexta, e maior ainda no sábado. No domingo, o tempo não ficou tão claro, e muitos desistiram de chegar. A praia ficou pequena para a quantidade de pessoas, mas favoreceu uma maior aproximação entre elas.

Agora, a questão é: quando será que o mar devolverá o feitio original de nossa praia ?


OLHEIROS

por Jorge Ferreira Ramos

jorge@naturista.zzn.com

enviada em 27 de outubro de 2005

 

Quando estamos na Praia do Abricó, na Reserva Ecológica Ambiental do Grumari, Rio de Janeiro, RJ, sentimos a tristeza de ver como que nossos governantes, nas diversas esferas da administração do Estado, ano após ano, tratam com o maior desprezo a educação do nosso povo. As pedras que marcam a entrada da praia usada por nós nudistas e alguns pontos da estrada de acesso, viram ponto de observação privilegiado dos curiosos.

 

Nosso povo, infelizmente, por conseqüência de uma série de fatores - principalmente políticos, dos quais o mais importante a falta de instrução/educação - não consegue assimilar, compreender, aceitar hábitos diferentes dos seus. Se nossas crianças, nossos jovens, tivessem melhores oportunidades de vida, leitura, nós naturistas, poderíamos ter um pouco mais de sossego e liberdade na nossa prática, ao menos nos locais que nos fossem reservados. Eu sou nudista desde quando me lembro de ser gente. Quando menino, talvez com 5 ou 8 anos, recebi muitos puxões de orelha dados por minha mãe. Eu tirava a roupa para dormir. Ela vinha para arrumar os pequenos detalhes de cuidados com as cobertas, travesseiros, muitos filhos, e católica fervorosa de 1915 me castigava pelo PECADO (???) que eu praticava e ainda me dizia “Vais ficar desprotegido. Teu anjo da guarda tem vergonha de te ver assim”. Aluno de ginásio, no final da década de 1940, início dos anos 50, eu e meus colegas não perdíamos tempo para sair da escola e correr até a Quinta da Boa Vista em São Cristóvão, para nadar no lago; ficávamos pelados, por que se chegássemos a nossas casas molhados despertaríamos desconfiança. Na adolescência, meados da década de 50, passei a freqüentar a Barra da Tijuca, a Praia da Joatinga o Recreio dos Bandeirantes. Não eram lugares como hoje, apinhados de gente. Eram quase desertos, sem asfalto, com dificuldades de acesso e tomar banho de mar ao natural, sem roupas, não tinha contra-indicações. Mais difícil era atingir a Joatinga, porém o que lá existia e a fonte de água doce, proporcionavam grande encantamento. Adulto, anos 60, o primeiro automóvel permitiu alcançar Adão e Eva e Itacoatiara em Niterói. A ligação rodoviária asfaltada para Cabo Frio levou-me e a minha turma à Praia Grande, depois às Praias da Ferradura e de João Fernandes em Búzios, e a farra do banho de mar ao natural fazia valer a pena ir tão longe, era muito gratificante.

 

O tempo passou, tudo mudou. A população se espalhou e os adeptos do naturismo começaram a padecer por repressão e falta de espaço; a renda da população encolheu a educação deteriorou. O que é mais natural do mundo que é ser como se nasce passou a caso de polícia e perseguição de seitas e religião. Quando a Praia do Pinho foi liberada e oficializada eu fui conhecê-la no final da década de 80, especificamente em outubro de 1988. Achei estranho o que presenciei. Meu primeiro dia no Pinho foi uma terça-feira. Na entrada da praia havia um quiosque que pertencia ao casal Álvaro e Yvonete, muito simpáticos, comidinha deliciosa. Acampei lá durante a semana de paz, e no domingo aconteceu: não havia sol e seriamos, talvez, umas quinze a vinte pessoas sem roupas na praia, com muita tranqüilidade, não fosse o que acontecia fora da praia. Na estrada que na encosta acima do nível da praia, muitos automóveis e seus passageiros, no mar muitas embarcações, todo mundo de binóculo a “pesquisar” os atrevidos nudistas da primeira praia oficial de nudismo mo Brasil. Senti-me incomodado e com medo.

 

Nós naturistas, nudistas, tanto faz, não devemos perder a paciência. Hoje, sexagenário, experiente, vejo a vida com um pouco mais de condescendência. Sinto pena daqueles que não conseguem perceber o tempo de satisfação que perdem, que não aproveitam. Eu sou privilegiado.


Abricó nos dias 06 e 07 de Agosto de 2005

texto e fotos por André Herdy*

Mais uma vez a Praia do Abricó na cidade do Rio de Janeiro provou que está pronta para o verdadeiro naturismo!
 
Sábado dia 06 tivemos um belíssimo dia de sol, em pleno inverno! Este chamado "veranico" nos trouxe um lindo dia sem nenhuma nuvem, calor de 35ºC e cerca de 200 naturistas na nossa praia! Onde tivemos visitantes da Espanha, França e EUA.
 
Tivemos partidas de vôlei o dia todo, sendo que só pararam quando o sol se pôs e a ANAbrico resolveu desmontar a quadra.
 
Muitos casais, muitos idosos, muitas crianças e muitos jovens! A praia do Abricó ontem tinha na verdade mais jovens abaixo dos 35 anos do que jamais teve (cerca de 50% dos presentes tinham menos de 35 anos!) Tivemos também muitos casais jovens com suas crianças que correram livremente por toda a praia.
 
Nossos seguranças não tiveram nenhum trabalho, tendo em vista que não houve nenhum incidente que necessitasse a presença deles. Apenas um senhor de idade é que tentou entrar vestido, mas foi rapidamente convencido por todos os frequentadores a tirar o seu short. Após o qual ficou na praia curtindo conosco as belezas naturais do lugar e se tornou amigo nosso com a promessa que irá retornar sempre a partir de ontem.
 
No domingo dia 07 tivemos mais gente ainda, dando as contas oficiais cerca de 350 naturistas na praia!! Levando em conta estarmos fora da temporada foi um expressivo numero de frequentadores. Sendo que novamente tivemos turistas Espanhóis, Italianos e Americanos!
 
Vale ressaltar que um casal de turistas Italianos chegou com um taxista carioca na praia, e este taxista falou-nos que ele jamais tinha ouvido falar da existência de uma praia como aquela no Rio de Janeiro, sabia da existência da praia do Pinho em SC, e que a partir daquele dia iria passar a frequentar aquele paraíso com sua esposa e filhos. Quando questionado de como então conseguiu levar o casal até lá, ele respondeu que os turistas é que já sabiam da existência de nossa praia, e inclusive haviam imprimido um mapa que encontraram no site da ANAbricó. É o reconhecimento internacional do sucesso que está o Abricó!
 
Novamente não houve sequer um incidente, e toda a área da praia foi coberta novamente por nossos seguranças das 8h da manha até as 17:30.
 
Os comentários feitos através de nosso sistema de 'walkie-talk" só eram para dar a informação de que tudo estava tranquilo desde o inicio da praia até as pedras no final.
 
Os banhistas não naturistas já aprenderam que não podem passar da primeira faixa (que já está deslocada para o inicio da praia entre as pedras) sem que se integrem ao naturismo. Ninguém tentou entrar! Mesmo em horas em que não havia ninguém na faixa não houve nenhuma tentativa!
 
Novamente tivemos uma presença maciça de jovens na praia, tivemos partidas de vôlei e futevôlei durante todo o dia além de diversas rodas de violão que animaram muito a todos! Tivemos nosso aulão de ginástica desta vez com a naturista Bernadete que é uma de nossas diretoras de eventos e é também professora de Educação Física. Cerca de 40 naturistas aderiram ao aulão gratuito na praia! Todos adoraram! Também contamos novamente com nosso Massoterapeuta que fez massagens relaxantes em diversos frequentadores da praia.
 
O sol novamente deu toda sua graça e tivemos 37ºC durante o dia todo!
 
É o Abricó mostrando que é possível se fazer uma praia verdadeiramente naturista, sem nenhum preconceito, sem nenhum dissabor e em um grande centro urbano!
 
Parabéns a todos os naturistas do abricó pelo sucesso que é a nossa praia!

*André é secretário da Associação naturista de Abricó


Praia do Abricó: Luta constante e incansável

 

foto: Pedro Ribeiro

Início de incêndio na praia do Abricó foi controlado por frequentadores: omissão municipal

A luta pelo naturismo na praia do Abricó, no Rio de Janeiro, já dura onze anos, mas está longe de acabar. Aparentemente o combate jurídico chegou ao fim neste ano com a decisão do Superior Tribunal de Justiça ratificando o naturismo no local. Porém, não há descanso, por causa de inúmeros detalhes perturbadores que, se não forem resolvidos, podem minar tantos anos de esforços. E não é só contra os maus e falsos naturistas que se tem lutado, mas também até o poder público municipal, o qual deveria ajudar por determinação legal, tem atrapalhado a tranquilidade da praia.

 

Há semanas atrás a companhia de limpeza urbana capinou a encosta que envolve a praia. A vegetação dava uma certa segurança porque escondia as trilhas ilegais existentes e também dificultava a visão da estrada. O "excelente" trabalho realizado pela empresa municipal ajudou e muito os olheiros de plantão, que se plantam na beira da estrada e ficam a observar e, alguns, a gritar palavras ofensivas para os naturistas. Além disso a trilhas reveladas fizeram mais ousados descerem por elas, provocando sentimento de insegurança porque algumas pessoas vêm com intenção de furtar os pertences e correr pelas vias facilitadas pela prefeitura.

 

foto: Pedro Ribeiro

Segurança se fere enquanto tenta apagar o fogo: omissão municipal

Para piorar, a empresa de limpeza deixou o mato cortado jogado no meio das outras plantas, com alegação que poderia servir de adubo natural, mas esqueceu que eles secam e poderiam facilmente pegar fogo. Foi o que aconteceu neste domingo, 31. Um incêndio começou a se alastrar e foi debelado por frequentadores da praia. O corpo de bombeiros que foi acionado nunca chegou ao lugar, nem para fazer o rescaldo. O segurança da praia se feriu enquanto tentava apagar o fogo começado provavelmente por ponta de cigarro de algum vouyer maldito.

 

Como desgraça pouca é bobagem, hoje, dia 1 de agosto, outra equipe da limpeza urbana, sob ordens da Secretaria Municipal de Meio-ambiente, veio ceifar ainda mais a vegetação do local, quase pelando a encosta. Dessa ajuda o naturismo não precisa.

 

(enviado em 1 de agosto por Pedro Ribeiro)


Abricó no Inverno

É... não teve jeito mesmo. Não adiantaram as orações, as mandingas, os pedidos... O inverno finalmente chegou na praia do Abricó (e no resto do Rio de Janeiro). Todos torcem para que ele tenha sido somente no final de semana passado.

Veja como estava a praia neste último sábado, 10 de julho.

fotos: Pedro Ribeiro (clique sobre para ampliar)

As pedras estão brotando da areia... Também... o que não falta é água para regá-las O naturista solitário observa a beleza despovoada

 

Lei sobre praia do Abricó foi promulgada

A praia do Abricó tem tido vários capítulos em sua luta para manter-se como praia naturista. O mais recente é a promulgação da Lei nº 4059, de 18 de maio de 2005, que estabelece normas de conduta dos banhistas naturistas.

O projeto de lei que foi integralmente vetado pelo Prefeito César Maia, foi promulgada pela Câmara de Vereadores, que manteve os vetos em dois artigos, os de números 3 e 4, e rejeitou os vetos dos outros 3 (artigos 1º, 2º e 5º). Portanto, apesar dos pesares, Abricó é uma praia oficial de naturismo por Lei municipal e não apenas por Decreto do Prefeito, situação em que se encontrava antes.

E uma curiosidade, o número da referida Lei corresponde ao Jacaré no jogo do bicho, animal símbolo da praia do Abricó.

(enviada em 19/05/05 por Cláudio do PT)


Câmara municipal do Rio de Janeiro derruba vetos do Prefeito César Maia sobre a praia do Abricó

O projeto de lei da vereadora Liliam Sá, que dispõe sobre normas de conduta dos banhistas na praia do Abricó, no bairro do Recreio dos Bandeirantes, foi redigido em 8 de outubro de 2003, exatamente oito dias depois que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ter derrubado a liminar que proibia a prática do nudismo na praia do Abricó.

O texto, que poderia ser um ponto a mais favorável ao naturismo, não o era. Era bastante preconceituoso, e previa sanções penais a quem fosse pego sem roupas fora das áreas limitadas. Leia o texto na íntegra clicando neste endereço: http://www.jornalolhonu.com/imagem/ANA/projeto_lei.jpg

Em março deste ano o texto foi aprovado pela Câmara Municipal e foi enviado à sanção do Prefeito César Maia, que o vetou integralmente, alegando que já havia um decreto municipal que transformava a praia em área de nudismo.

Leia o texto do veto clicando no endereço http://www.abrico.com.br/reportagens/OficoCesarMaia.htm.

Nesta terceira rodada, o projeto voltou à Câmara, que tinha o dever de manter o veto do Prefeito ou derrubá-lo. No dia 10 de maio, a Câmara manteve os vetos do Prefeito nos artigos 3º e 4º, derrubando os demais. Os artigos que não constarão na nova lei, que será promulgada nos próximos dias, são:

Art: 3º - A apresentação pública em estado de nudez fora dos limites da extensão de areia da praia do Abricó, cominará ao infrator as sanções penais e cabíveis e multa.

Art: 4º - A Guarda Municipal fiscalizará a área destinada à prática do naturismo na praia do Abricó o cumprimento desta Lei, na esfera das suas atribuições.

Embora justamente a presença da Guarda Municipal ser um requisição antiga da Associação, ao menos contamos agora com uma lei municipal que reconhece e garante o espaço para o naturismo. Como estava antes, uma Resolução da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, ela poderia ser proibida facilmente por outra Resolução de outro prefeito ou secretário. Na situação atual, só poderá ser proibida por outra Lei aprovada na Câmara Municipal.

Participaram da sessão que derrubou o veto do prefeito 31 vereadores e apenas um votou a favor de manter o veto integralmente.

Mesmo que o veto do Prefeito persistisse a praia continuaria sendo de naturismo, pois o que estava em discussão era o projeto de lei e não a Resolução de 1994.

Este é mais um capítulo da Luta pela liberação do naturismo da Praia do Abricó. O que precisamos é manter o respeito às normas do naturismo para que, no futuro, ninguém tenha qualquer motivo contrário ao nudismo.

Toda vez que estiver na praia e vir atitudes que ferem a ética do naturismo, não deixe passar em branco, mostre à pessoa ou grupo, sua insatisfação com aquela situação, nunca de maneira agressiva, porém firme. Precisamos mostrar que praia de nudismo é viável no Rio de Janeiro.

postado em 18 de maio de 2005


Abricó vista do alto

Esta belíssima imagem, obtida através de um satélite, mostra parte do litoral oeste do município do Rio de Janeiro, onde está incluída a praia do Abricó. Será que você é capaz de descobrir onde ela fica ? Pense um pouquinho e clique sobre a foto para ver a resposta.


Shiatsu na praia do Abricó

foto: Pedro Ribeiro

Freqüentadora da Praia do Abricó recebe massagem do massoterapeuta Paulo Rogério. A cama está localizada ao lado da área de adaptação.

Desde sábado, 16 de abril, a praia do Abricó conta com mais uma atração. Os freqüentadores poderão fazer massagem tipo shiatsu e convencional com o massoterapeuta Paulo Rogério, que está empolgado em oferecer o serviço na praia. Imperdível. Ele promete estar presente todo sábado e domingo em que o clima permita.

 

 

 

 


 

O Polvo nu

foto: Giane Rocha

A maré roxa, que presenteou os banhistas da cidade do Rio de Janeiro, neste último final de semana de fevereiro, com águas cristalinas e mornas, também propiciou a possibilidade de pescar sem equipamentos. Nosso diretor de eventos Ângelo Caciatore, nu, conseguiu pescar um pequeno polvo, nu, com suas mãos nuas, como faria o verdadeiro naturista, bem perto da areia. Depois de satisfeita a curiosidade dos banhistas que nunca haviam visto um polvo vivo tão de perto, o animal foi devolvido ao mar no local onde foi encontrado, também como faz o verdadeiro naturista, já que ali ninguém tinha necessidade de comer.


Carnaval na praia do Abricó

Até vendedores ambulantes participaram da folia. Veja estas duas fotos: antes e depois da transformação.

   

Fotos: Pedro Ribeiro. Vendedor: Marco


Jovens naturistas do Ynai se encontram no Abricó

foto: Pedro Ribeiro

O presidente do Ynai, André Herdy e o associado André, mineiro, prestigiaram o Encontro.

 

Nos dias 5, 6 e 7 de fevereiro de 2005, dias de carnaval, os jovens naturistas associados ao Ynai-Brasil marcaram presença no I Encontro Nacional. O Ynai é uma associação Internacional que tem por objetivo congregar naturistas jovens de todo mundo na busca de intercâmbio e integração. Maiores informações sobre o grupo na página eletrônica www.ynai.com.br

No Abricó, a diretoria brasileira esteve presente, André Herdy, Thiago Motta  e oficialmente mais um associado de Minas Gerais, André. Porém durante os dias diversos jovens procuraram a diretoria do Ynai e participaram das atividades.

Veja mais algumas fotos colhidas no evento:

 


Festa Tropical

A primeira festa tropical realizada pela associação na praia do Abricó foi um sucesso. Muitas frutas enriqueceram o lanche dos freqüentadores. A festa foi realizada no dia 2 de janeiro, saudando o novo ano que se iniciava.


 

Visita da ANA ao Recanto Paraíso – 20nov2004

Prezado Pedro,

Gostaria de agradecer a você e os membros da ANA, pela escolha do casal Bia e Marcelo da diretoria da ANA, para a promoção "um fim de semana no Recanto".O Recanto ficou contagiado com a alegria do casal.   

Nos envolvemos numa gostosa e inigualável colheita de jabuticabas no pé, percorremos os jardins e recantos mágicos do nosso espaço. Tivemos o prazer de iniciá-los nas famosas quadras de shuffleboard, onde nos deram a grata surpresa de serem excelentes jogadores, destacando-se a destreza da Bia.

Desfrutamos do nosso complexo da piscina e à tardinha com a despedida do Sol, eles descobriram a singeleza de bater papo, jogar conversa fora com outros naturistas do local.

Estamos pensando em novas datas para outras promoções deste tipo, oferecer à outros casais a oportunidade dessa convivência com nossa família e amigos Naturistas.

A ANA está de parabéns, o casal Bia e Marcelo, têem projetos de trabalho sério para a praia do Abricó.

grande abraço natural

Enviado por Fátima Alves e Valdir de Sousa em 25 de novembro de 2004


Praia do Abricó dividida em áreas

A partir de domingo, 31 de outubro de 2004, e em todos finais de semana e feriados ensolarados, a praia do Abricó está sendo dividida em 3 áreas distintas: A primeira, que vai da primeira grande pedra da entrada até a primeira faixa divisória, será de uso opcional de roupas, ou seja aqueles grupinhos que chegam, mas somente alguns tiram as roupas e outros não, deverão permanecer nesta área. A segunda, situada a partir da primeira faixa divisória até a segunda faixa, é restrita apenas a homens nus e mulheres que nuas ou de top-less. A terceira área, que vai da segunda faixa divisória até o final da praia, é área reservada para homens e mulheres inteiramente nus. Somente são excluídos dessa determinação policiais, guardas municipais, e guarda-vidas uniformizados e em serviço, pescadores com material de pesca que vão para as pedras após a praia e mergulhadores com equipamento que não ficarem na areia.

Vendedores ambulantes vestidos poderão circular na área destinada a mulheres de top-less.

Essas decisões foram tomadas por causa da grande afluência de curiosos nos finais de semana e feriados, provocando constrangimentos sérios nas pessoas que gostariam de praticar o naturismo, principalmente mulheres.  


Quadra de vôlei inaugurada

Depois de vários adiamentos, por causa dos dias chuvosos, foi inaugurada finalmente a nossa quadra de vôlei de areia, no dia 18 de janeiro. Nem todos os atletas estiveram nas suas melhores perfomances (0 vento atrapalhou muito, desculpam-se os atletas). Mas o que valeu foi o espírito de confraternização que atraiu visitantes não associados à ANA. A regra é que para participar tem que estar nu e, talvez, por causa disso ainda as mulheres não participaram. O que é uma pena! Meninas, mais desinibição!

Veja algumas fotos autorizadas. (clique sobre elas para ampliá-las)

   

 


Agora é verdade

foto: Pedro Ribeiro

funcionários da empresa Verre fazem o trabalho de instalação

Depois de muitos adiamentos e promessas não cumpridas, finalmente estão instaladas as placas sinalizadoras oficiais da praia do Abricó. Neste dia 30 de agosto, com a presença do presidente e do vice-presidente da Associação Naturista de Abricó, como também da Gestora do Parque Municipal de Grumari, Rosana Junqueira, a equipe da empresa vencedora da licitação concretou-as na areia e concretizou os anseios dos freqüentadores da praia, que acreditam que elas poderão trazer um pouco mais de respeito ao local.

Leia mais sobre as placas da praia de Abricó na seção DE OLHO NA MÍDIA do jornal OLHO NU nº 48.

(enviado em 30/08/04 por Marco Antonio)


Você está acessando as páginas da Associação naturista de Abricó



ANA - Associação Naturista da Praia do abricó 2013
Todos os direitos reservados.